Armac levanta R$ 1 bilhão em IPO; ações estreiam em alta

Por volta das 14h55, no horário de Brasília, os ativos da Armac subiam mais de 20% na bolsa brasileira

Armac Divulgacao
Logo Trademap

Por:

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Por:

Após o procedimento de bookbuilding, a Armac precificou sua oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) a R$ 16,63 por papel, no teto da faixa indicativa que partia de R$ 13,30.

Dessa forma, a empresa conseguiu captar cerca de R$ 1 bilhão na tranche primária, com a emissão de 60,1 milhões de papéis ordinários, enquanto a oferta secundária, quando os atuais acionistas vendem parte ou a totalidade de suas fatias, movimentou R$ 361 milhões.

No caso, os acionistas vendedores foram o fundo de investimento Speed, da Gávea Investimentos, e membros da família fundadora Aragão.

Segundo o prospecto definitivo entregue à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), os recursos serão utilizados para compra de máquinas e equipamentos para sua frota.

Leia também:   Track&Field (TCFO4): companhia pretende crescer por meio de abertura de lojas, diz CEO

Os coordenadores do IPO foram Santander Brasil (líder), Itaú BBA, BTG Pactual e Morgan Stanley.

Bolsa de Valores de São Paulo

As ações da companhia estrearam nesta quarta-feira, 28, na bolsa brasileira, a B3, sob o ticker de negociação ARML3. A liquidação dos papéis deve ocorrer a partir de amanhã.

Por volta das 14h55, no horário de Brasília, os ativos da Armac subiam mais de 20%. Acompanhe a cotação em tempo real pelo TradeMap!

Sobre a Armac

A companhia diz ser a líder no segmento de locação de linha amarela de equipamentos, mesmo com apenas 0,5% de participação no mercado.

Ela oferece a seus clientes equipamento que englobam pás-carregadeiras, escavadeiras hidráulicas, retroescavadeiras, tratores de esteira, minicarregadeiras, motoniveladoras, rolos compactadores e tratores agrícolas.

Leia também:   Ações de telecom sobem após STF formar maioria em prol de ICMS menor para setor

No final de março, a Armac tinha uma frota própria disponível para locação de 1,4 mil equipamentos.

O que é bookbuilding e para que serve?

De um modo resumido, o bookbuilding é o processo utilizado para definir um preço justo para o IPO ou oferta subsequente de ações (follow on), que seja adequado à intenção de compra dos investidores.

Por isso, durante o processo, os coordenadores da oferta estudam e avaliam a demanda de seus ativos no mercado. Assim, eles conseguirão estimar o preço que poderá praticar e a quantidade de ações ou títulos que poderão ser oferecidos. Veja mais detalhes aqui.

Foto: Armac/Divulgação

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

BLACK

WEEK

tag
Dias
Horas
Min.
Seg.

Não vá ainda...
Olha só o que tá rolando!

Popup Banner Black Week 3 1