Navegue:
“Prévia do PIB”, indicador de atividade econômica do Banco Central mostra alta de 0,69% em novembro

“Prévia do PIB”, indicador de atividade econômica do Banco Central mostra alta de 0,69% em novembro

Resultado foi puxado por serviços e comércio e ficou levemente acima do esperado por analistas de mercado

indicador de atividade economica

Por:

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Por:

Com o impulso do volume de serviços e comércio acima do esperado em novembro, o IBC-Br (Índice de Atividade Econômica do Banco Central) mostrou uma expansão de 0,69% no mês na comparação com outubro, segundo dados divulgados pelo Banco Central nesta segunda-feira, 17. Analistas ouvidos pela Reuters esperavam alta de 0,65%.

Na comparação com novembro de 2020, a expansão foi de 0,43%.

O mês trouxe surpresas positivas para a atividade econômica. Apesar de o comportamento da indústria ter decepcionado analistas, com a queda de 0,2%, a mobilidade impulsionou os dados do comércio e especialmente de serviços para além do que era esperado pelo mercado.

Leia mais:
Análise: Mobilidade impulsiona comércio e serviços em novembro, mas tendência é negativa para próximos meses

Para os próximos meses, entretanto, as perspectivas não são otimistas, por algumas razões: inflação, baixa confiança do consumidor, nova onda de Influenza e Covid e juros cada vez mais elevados. Esses fatores devem refrear o consumo de bens e serviços, prejudicando a indústria.

Serviços em alta

Dos diferentes setores da economia, os dados que surpreenderam mais os investidores foram os de serviços. Analistas esperavam um avanço de somente 0,2% no mês, mas a expansão foi muito maior, de 2,4%, de acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Já a indústria voltou a decepcionar os investidores. A produção industrial medida pelo IBGE teve queda de 0,2% no mês retrasado na comparação com outubro — analistas esperavam estabilidade para o período.

A indústria caiu pelo sexto mês consecutivo, em um sinal das dificuldades enfrentadas pelo setor para se recuperar dos impactos da elevação de preços dos insumos no mundo todo, da queda da renda e da alta de juros.

O que é o IBC-Br?

É um indicador que foi criado pelo Banco Central para medir a atividade econômica mensal do país, ajudando a instituição a determinar o rumo da política monetária. Tem uma metodologia diferente da usada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) para apurar o PIB (Produto Interno Bruto).

O IBC-Br incorpora projeções para serviços, comércio, indústria e agropecuária, bem como o impacto dos impostos sobre os produtos.

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp