Bolsas internacionais dão sinais de recuperação nesta sexta-feira

No Brasil, temos o resultado financeiro da Petrobras e de outras empresas, que devem ser absorvidos pelo mercado ao longo do dia.

Ibovespa - divulgação
Logo Trademap

Por:

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Por:

Bolsas asiáticas se recuperaram nesta sexta-feira, 14, e fecharam em alta. Em partes pela queda nos preços das commodities, que diminui as preocupações com o risco de uma inflação maior nos Estados Unidos e em outros países. Entretanto, o mercado segue atento aos novos surtos de casos de coronavírus na Índia e países arredores.

As bolsas europeias seguiram pelo mesmo caminho e abriram em alta também. Porém, o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, demonstrou preocupação com a nova variante da Covid-19 detectada na Índia. Já se fala que esse vírus tem maior potencial de transmissão.

Os futuros americanos estão no campo positivo nesta manhã, refletindo a queda nos pedidos de auxílio-desemprego e também a diminuição nos preços das commodities.

Na agenda de indicadores do país, hoje teremos dados importantes para medir a recuperação econômica, como a divulgação das vendas do varejo referente ao mês de abril, da produção industrial do mesmo período e da confiança do consumidor no mercado americano.

Leia também:   Com visão cautelosa sobre ações brasileiras, Morgan Stanley prefere empresas de commodities e defensivas como XP, CCR e Rumo

Cenário brasileiro

No Brasil, a Advocacia-Geral da União (AGU) acionou o Supremo Tribunal Federal (STF) para garantir o direito ao silêncio e barrar qualquer possibilidade de prisão durante a fala do ex-ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, à CPI da Covid-19, marcada para a próxima quarta-feira, 19.

No depoimento de ontem, 13, do presidente regional da Pfizer no Brasil, Carlos Murillo, o executivo afirmou aos senadores que os primeiros contatos com o governo brasileiro ocorreram entre maio e junho de 2020.

Naquele momento, a Pfizer teria oferecido ao Ministério da Saúde 1,5 milhão de doses para entregar ainda em 2020. De acordo com Murillo, não houve resposta à proposta. “O governo brasileiro não rejeitou, tampouco aceitou a oferta”, disse à CPI.

Ontem o Ibovespa se destacou, após a surpresa de números positivos no indicador de atividade econômica IBC-BR, fazendo com que diversas instituições revisassem suas projeções para o PIB do primeiro trimestre.

Leia também:   "Estamos apenas no início do ciclo de crescimento da economia", diz Howard Marks, da Oaktree

Na agenda econômica não teremos indicadores relevantes nesta sexta-feira, mas os resultados das empresas continuam a todo o vapor.

Após o fechamento de mercado da quinta-feira, 13, a Petrobras (PETR3; PETR4) soltou seus números e mostrou que reverteu o prejuízo de um ano atrás, para um lucro líquido de R$ 1,16 bilhão. 

→ Veja também: Petrobras reverte prejuízo e lucra R$ 1,167 bilhão no 1º tri

Hoje teremos os números das empresas:

  • Priner (PRNR3),
  • Portobello (PTBL3),
  • Ser Educacional (SEER3),
  • Vivara (VIVA3),
  • Enjoei (ENJU3),
  • Cemig (CMIG4),
  • Cogna Educacao (COGN3),
  • Cosan (CSAN3),
  • Light (LIGT3),
  • Orizon (ORVR3), e
  • CVC Brasil (CVCB3).

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

BLACK

WEEK

tag
Horas
Min.
Seg.

Não vá ainda...
Olha só o que tá rolando!

Popup Banner Black Week 3 1