Navegue:
Além da Petrobras (PETR4), mais empresas do Ibovespa anunciaram dividendos esta semana; veja quais

Além da Petrobras (PETR4), mais empresas do Ibovespa anunciaram dividendos esta semana; veja quais

Ao todo, quatro empresas divulgaram o pagamento de proventos, com destaque para Petrobras e Vale

pessoa usando calculadora

Foto: Shutterstock

Por:

Compartilhe:

Por:

Além da divulgação de balanços de grandes empresas que compõem o Ibovespa, como Petrobras (PETR4; PETR3), Vale (VALE3), Suzano (SUZB3) e Ambev (ABEV3), a semana também foi marcada por anúncios de dividendos por quatro empresas.

Dentre as companhias, o destaque foi a Petrobras, que anunciou um “megadividendo” de R$ 6,73 por ação preferencial e ordinária, somando R$ 87,8 bilhões se consideradas todas as ações da companhia. É um recorde trimestral.

O montante será pago em duas parcelas, sendo a primeira em 31 de agosto e a última em 20 de setembro, ambas com valores iguais. Terá direito a receber os pagamentos quem possuir ações da empresa em 11 de agosto. As ações serão negociadas “ex-dividendos” – sem direito ao valor do pagamento – a partir do dia 12 de agosto.

Leia também:
Petrobras: Após Bolsa pausar negócios com ação, empresa confirma “megadividendos”

No caso da Vale, outra a divulgar um montante bilionário, o pagamento será de R$ 3,57 por ação, sendo R$ 2,03 em dividendos e R$ 1,54 em JCP (juros sobre capital próprio), totalizando R$ 16 bilhões, referente ao primeiro semestre do ano.

Terão direito a receber o pagamento, que ocorrerá em 1º de setembro, acionistas que detiverem ações da Vale em 11 de agosto. Para quem tem ADRs da companhia, negociados em Nova York, a data será 15 de agosto.

Leia também:
Vale: Lucro cai 17,7% pressionado por preços menores para minério de ferro e cobre

A Klabin, grande exportadora de papel e celulose, foi outra que anunciou a distribuição de dividendos. Os acionistas detentores de ações ordinárias e preferenciais receberão R$ 0,073 por papel, o que corresponde a R$ 0,36 por unit, somando R$ 399 milhões.

O pagamento, referente ao valor do dividendo mínimo obrigatório do ano corrente, será realizado em 11 de agosto, mas apenas para quem fizer parte da base de acionistas em 1 de agosto. As ações serão negociadas “ex-dividendos” a partir de 2 de agosto, próxima terça-feira.

Leia também:
Klabin tem lucro 35% maior no segundo trimestre; veja o por quê

Por fim, a Telefônica Brasil, dona da Vivo, anunciou o pagamento de R$ 630 milhões em JCP. Sem dar mais detalhes, a operadora de telefonia disse que tais proventos serão imputados ao dividendo mínimo obrigatório de 2022, que ainda será aprovado pela assembleia geral de acionistas a ser realizada em 2023.

Compartilhe: