Navegue:
Por reajuste: servidores fazem operação padrão e BC adia e cancela divulgações da semana

Por reajuste: servidores fazem operação padrão e BC adia e cancela divulgações da semana

Notas com dados do setor externo, operações de crédito e política fiscal não serão informadas nesta semana

banco central Agência Brasil

Foto: Agência Brasil

Por:

Compartilhe:

Por:

As paralisações parciais realizadas pelos servidores do Banco Central por aumento salarial forçaram o órgão a adiar e cancelar a divulgação de dados importantes que estavam previstos para esta semana.

A divulgação do Boletim Focus, com as projeções de analistas para inflação, juros, PIB (Produto Interno Bruto) e câmbio, voltou a ser adiada hoje das 8h25, horário tradicional, para as 10h.

Além disso, três notas econômico-financeiras que seriam divulgadas nesta semana (que mostram as transações do Brasil com o exterior, as operações de crédito e as estatísticas fiscais) foram canceladas.

“As notas econômico-financeiras (estatísticas do setor externo, estatísticas monetárias e de crédito e estatísticas fiscais) não serão divulgadas nesta semana. Oportunamente, informaremos as datas de publicação das notas relativas ao mês de fevereiro de 2022”, afirmou o BC por meio de nota à imprensa.

Assembleia vota greve hoje

A categoria realiza hoje às 14h uma nova assembleia para discutir os rumos do movimento. Segundo o presidente do Sinal (Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central), Fabio Faiad, os funcionários do BC irão votar se querem ou não entrar em greve.

Na semana passada, essa possibilidade foi rejeitada pelos servidores, que optaram por manter paralisações diárias entre as 14h e as 18h, na chamada “operação padrão”.

“Houve uma reunião no sábado fora da agenda oficial com o presidente do BC, Roberto Campos Neto. Não houve uma proposta oficial do governo, então hoje vamos propor greve geral e por tempo indeterminado a partir de abril”, afirmou Faiad à Agência TradeMap.

Na última sexta (25), a divulgação da taxa Ptax (considerada a taxa oficial de câmbio, utilizada como referência para a cotação do dólar americano), que normalmente sai no início da tarde, também sofreu atrasos por causa do movimento e só foi publicada pelo BC por volta das 17h45.

Operação padrão

Os funcionários do órgão têm realizado uma série de paralisações diárias, criticando o reajuste para servidores anunciado pelo presidente Jair Bolsonaro que contempla apenas categorias da segurança pública.

Esse aumento, embora tenha sido anunciado no fim do ano passado, ainda não foi concedido. Em declarações recentes, Bolsonaro afirmou que a definição sobre o tema ocorrerá até maio. Além do reajuste, os servidores do BC brigam pela reestruturação de carreira dos analistas do órgão.

Compartilhe:

Compartilhe: