Oi vai deslistar ADRs negociadas da NYSE; unidade de fibra ótica é vendida para fundo do BTG

Em nota, a empresa disse que a decisão foi aprovada em reunião realizada pelo seu conselho de administração na quinta-feira passada

Oi divulgacao

Foto: Oi/Divulgação

Logo Trademap

Por:

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Por:

A empresa de telefonia Oi informou nesta sexta-feira, 1º, que vai deslistar suas ADRs (American Depositary Receipts) da Bolsa de Valores de Nova York (NYSE). Cada recibo representa cinco ações ordinárias de emissão da companhia.

Em nota, a empresa disse que a decisão foi aprovada em reunião realizada pelo conselho de administração na quinta-feira, 30.

A Oi destacou em nota que o racional econômico para manter sua listagem na bolsa americana diminuiu nos últimos anos por conta, principalmente, do aumento significativo no volume negociado de ações brasileiras por investidores estrangeiros diretamente no Brasil.

“Adicionalmente, o processo de deslistagem das ADRs ordinárias na NYSE está em linha com o plano de transformação da companhia, que tem como um dos principais pilares a simplificação de sua estrutura operacional e readequação da sua base de custos”, ressaltou a empresa.

Leia também:   Ações da PetroRio (PRIO3) dobram de preço em um ano; quais fatores levam à alta?

De acordo com a companhia, espera-se que a deslistagem se torne efetiva dez dias depois de protocolar o Formulário 25 na Securities and Exchange Commission (SEC, a CVM dos Estados Unidos).

Uma vez que a empresa cumpra com os critérios para o encerramento dos ADRs, a Oi também pretende cancelar seu registro na NYSE.

Fibra ótica

A companhia também informou nesta sexta que assinou um contrato para vender sua unidade de fibra ótica InfraCo para fundos do BTG Pactual e da Globenet Cabos Submarinos por R$ 12,9 bilhões.

O contrato contempla uma parcela primária, no montante de R$ 3,3 bilhões, uma fatia secundária, de R$ 6,5 bilhões, outras duas primárias adicionais, que somam R$ 1,6 bilhão, além da incorporação do investidor, no montante de R$ 1,5 bilhão.

Leia também:   Banco Inter (BIDI11) formaliza aquisição de fintech americana Pronto Money

A conclusão do acordo está sujeita à aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e à anuência prévia da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

As ações ordinárias (OIBR3) e preferenciais (OIBR4) operam estáveis no pregão de hoje. Já as ADRs (OIBR.C) caíam 1,98%, negociadas a US$ 0,88, por volta das 16h10. Em um ano, os recibos acumulam queda de quase 40%. 

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Baixe o App Footer Post
Baixe o App Footer Post 0003 Carteira

Carteira consolidada

Baixe o App Footer Post 0002 historico de Dividendos

Histórico de dividendos

Baixe o App Footer Post 0001 Acompanhamento

Acompanhamento em tempo real

Baixe o App Footer Post 0000 IBOV

Comparação com IBOV, CDI, Dólar e mais

Não vá ainda...

Baixe o nosso App!

O maior hub do mercado financeiro
na palma da sua mão!

Popup out planos