Moeda digital brasileira ganha contornos pelo Banco Central

Informações sobre as diretrizes de criação da moeda indicam pagamentos em varejo e compras internacionais

Logo Trademap

Por:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Por:

Em estudo desde o ano passado, a moeda digital brasileira ganhou mais contornos nesta segunda-feira, 24. Atualmente em fase de desenvolvimento, o Banco Central acaba de divulgar quais são as diretrizes que norteiam a criação da moeda no país. 

De acordo com o BC, a moeda digital deve aumentar a eficiência dos pagamentos em varejo, contribuir para novos modelos de negócio e facilitar a integração econômica do Brasil com outros países. Para isso, ela funcionará “como uma extensão da moeda física”, com capacidade de transação online e offline. 





Diferentemente do Bitcoin, que é uma criptomoeda e não tem lastro ou garantia de qualquer instituição financeira, a moeda digital brasileira será uma “stablecoins” (moedas estáveis, pareadas com ativos), pareada com o próprio real. 

Em nota, a autarquia disse que pretende manter diálogo com o setor privado para aprofundar o assunto e estabelecer um cronograma para os próximos passos e a implementação do projeto, que não tem data definida. 

“Antes que se defina pela apresentação de um cronograma de implantação, o diálogo com a sociedade permitirá uma análise mais detalhada não apenas de casos de usos que possam se beneficiar da emissão de uma CBDC (em inglês, Central Bank Digital Currency, ou moeda digital de banco central), como também das tecnologias mais adequadas para sua implementação”, registrou.

→ Leia também: Em relatório, BC dos EUA discutirá criação de moeda digital própria

Em evento recente, o presidente do BC, Roberto Campos Neto, citou a possibilidade de lançamento “nos próximos dois ou três anos”. 

A moeda digital brasileira será emitida pelo próprio BC, com a distribuição ao público intermediada por custodiantes do Sistema Financeiro Nacional (SFN) e do Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB), sem remuneração às instituições.

Diretrizes da moeda digital brasileira 

De acordo com o Banco Central, nas diretrizes para a moeda digital brasileira, estão previstas





  • Ênfase na possibilidade de desenvolvimento de modelos inovadores a partir de evoluções tecnológicas, como contratos inteligentes (smart contracts), internet das coisas (IoT) e dinheiro programável;
  • Previsão de uso em pagamentos de varejo;
  • Capacidade para realizar operações online e eventualmente operações offline;
  • Garantia da segurança jurídica em suas operações;
  • Aderência a todos os princípios e regras de privacidade e segurança determinados, em especial, pela Lei Complementar nº 105, de 2001 (sigilo bancário), e pela Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais;
  • Adoção de solução que permita interoperabilidade e integração visando à realização de pagamentos transfronteiriços; e
  • Adoção de padrões de resiliência e segurança cibernética equivalentes aos aplicáveis a infraestruturas críticas do mercado financeiro.
Leia também:   Ipea: Taxa de desemprego cai para 13,1% em julho; população ocupada cresce 1,2% no mês

O BC também indicou que o lançamento da moeda digital levará em conta preocupações com “prevenção à lavagem de dinheiro, ao financiamento do terrorismo e ao financiamento da proliferação de armas de destruição em massa, inclusive em cumprimento a ordens judiciais para rastrear operações ilícitas”.

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Baixe o App Footer Post
Baixe o App Footer Post 0003 Carteira

Carteira consolidada

Baixe o App Footer Post 0002 historico de Dividendos

Histórico de dividendos

Baixe o App Footer Post 0001 Acompanhamento

Acompanhamento em tempo real

Baixe o App Footer Post 0000 IBOV

Comparação com IBOV, CDI, Dólar e mais

TradeMap + B3 apresenta! 🤩

Banner Curso Small Caps TradeMap Educa B3 compac