IBC-Br registra crescimento de 0,89% em 2019, informa BC

BC, foto de Ueslei Marcelino - Reuters

O Índice de Atividade do Banco Central (IBC-Br) registrou queda de 0,27% em dezembro na comparação mensal, conforme apontam os dados divulgados nesta sexta-feira, 14, pela autarquia monetária. No acumulado de 2019, a economia do país cresceu 0,89%.

O resultado, considerado como uma prévia do Produto Interno Bruto (PIB), foi calculado após ajuste sazonal, ou seja, uma compensação para comparar períodos diferentes.

De acordo com os dados, o índice de atividade passou de 139,53 pontos para 139,15 pontos na série dessazonalizada de novembro para dezembro. Com isso, esse é o menor patamar para o IBC-Br com ajuste desde agosto de 2019, quando reportou 138,79 pontos.

Já na comparação entre dezembro de 2019 e dezembro de 2018, houve um avanço de 1,28% na série sem ajustes sazonais. Segundo o Banco Central, esta série encerrou com o índice em 138,27 pontos em dezembro, sendo o melhor resultado para o mês desde 2014, quando apresentou 145,38 pontos.

O que é o IBC-Br?

Este índice é conhecido pelo mercado como uma prévia do BC para o PIB e serve como um parâmetro para avaliar e medir o ritmo da economia brasileira ao longo dos meses. O Bacen projeta a atividade doméstica para este ano em 2,2%.

Foto: Ueslei Marcelino/Reuters