Braskem apresenta prejuízo em seu balanço trimestral

Reinaldo Canato - Braskem

A Braskem (BRKM5) apresentou prejuízo líquido de R$ 888 milhões no terceiro trimestre de 2019, enquanto no mesmo período do ano passado a companhia havia registrado lucro de R$ 1,3 bilhão.

De acordo com a empresa, o desempenho baixo ocorreu devido ao impacto negativo de depreciação do real frente ao dólar sobre a exposição líquida da companhia não designada para hedge accounting.

“No trimestre, as operações no Brasil seguiram impactadas principalmente pelo ciclo de baixa da indústria petroquímica, refletindo em uma menor taxa de utilização de suas centrais petroquímicas”, informou a Braskem em seu release.

Para o Morgan Stanley, a Braskem reportou resultados fracos entre julho e setembro deste ano, com a persistente manutenção dos spreads mais baixos. Entretanto, o banco afirma que o balanço da companhia ficou em linha com as expectativas.

Dividendos

Os acionistas da Braskem aprovaram, em Assembleia Geral Extraordinária, o pagamento dos dividendos mínimos obrigatórios referente ao exercício do 2018, no valor de R$ 667,4 milhões, a serem pagos até 31 de dezembro de 2019.

→ Leia também: o que são dividendos?

Baixe o TradeMap agora mesmo e acompanhe o mercado acionário em tempo real!

googleplay
appstore

Foto: Reinaldo Canato/VEJA