Pedidos de seguro-desemprego sobem 35% na primeira quinzena de junho

Carteira de trabalho, foto de Getty Images

Os pedidos de seguro-desemprego de trabalhadores com carteira assinada cresceram 35% nos primeiros quinze dias de junho na comparação com o mesmo período do ano anterior. Os dados foram divulgados na última quinta-feira, 25, pela Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia.

Esse levantamento considera os atendimentos presenciais, nas unidades do Sistema Nacional de Emprego (Sine) e das Superintendências Regionais do Trabalho, e as solicitações virtuais.

De acordo com a Secretaria de Trabalho, na primeira quinzena deste mês, 351.315 benefícios de seguro-desemprego foram solicitados, frente 260.228 requerimentos reportados no mesmo intervalo de tempo de 2019.

Devido à quarentena provocada pela pandemia do novo coronavírus, 71,4% dos benefícios foram pedidos via internet, contra apenas 0,7% no mesmo período do ano passado.

Foto: Getty Images