Pedidos de seguro-desemprego nos EUA somam 898 mil

Desemprego EUA

 

As novas solicitações de seguro-desemprego nos Estados Unidos atingiram 898 mil na semana passada, informou o Departamento do Trabalho nesta quinta-feira, 15. Houve um crescimento de 53 mil pedidos em relação ao número da última leitura, que foi revisada para 845 mil.

Com isso, o resultado veio acima do esperado por economistas consultados pelo Wall Street Journal, que apontavam para 830 mil solicitações do benefício.

O total para a semana encerrada em 10 de outubro foi o maior desde 22 de agosto. Dessa forma, há um sinal de que o mercado de trabalho norte-americano continua com dificuldades para manter o ritmo de recuperação desde o início da crise financeira provocada pela pandemia de covid-19.

Por outro lado, em relação ao nível mais agudo da pandemia, quando os EUA registraram 6,867 milhões de pedidos ao seguro-desemprego no final de março, há uma melhora gradual.

Apesar de o número de novos pedidos ter vindo acima do esperado por economistas, o nível de solicitações contínuas, ou seja, aquelas em que os americanos recebem o benefício por duas ou mais semanas, diminuiu em 1,1 milhão, para pouco mais de 10 milhões.

 

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no whatsapp