Pedidos de seguro-desemprego no Brasil caem 32% em junho, informa Ministério da Economia

Ministério da Economia, foto de Anesp
Logo Trademap

Por:

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Por:

[vc_column width=”1/1″][vc_column_text css=”.vc_custom_1580925754915{padding-right: 13% !important;padding-left: 13% !important;}”]

O número de pedidos de seguro-desemprego registrou uma queda de 32% em junho ante o mês anterior, informou o Ministério da Economia nesta quinta-feira, 9.

De acordo com dados divulgados pelo Ministério, as solicitações chegaram a 653.160 no mês passado, enquanto em maio houve um registro de 960.309 requerimentos ao benefício.

Em relação a junho de 2019, os dados apontam um crescimento de 28,4% na base comparativa.

Segundo o Ministério da Economia, os três Estados com maior quantidade de pedidos ao seguro-desemprego foram São Paulo (199.066), Minas Gerais (70.333) e Rio de Janeiro (52.162). Por setor, os requerimentos foram distribuídos entre serviços (41,7%), comércio (25,4%), indústria (18,7%), construção (10,1%) e agropecuária (4,1%).

Do total de solicitações no período, 39,6% foram feitas por mulheres e 60,4% por homens.

Foto: Anesp

[/vc_column_text][/vc_column]

Leia também:   A PEC no Senado, IGP-M e o que mais você precisa saber para investir bem hoje

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

BLACK

WEEK

tag
Dias
Horas
Min.
Seg.