OCDE reduz previsão de queda do PIB global em 2020

Equipe TradeMap

Equipe TradeMap

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) informou nesta quarta-feira, 16, que o Produto Interno Bruto (PIB) global terá uma retração menor do que a estimativa de junho. Contudo, o órgão alertou que a recuperação deverá desacelerar a partir deste mês e continuar vulnerável a novos casos de covid-19.

Para a entidade, não há uma expectativa otimista de que uma vacina contra a doença esteja amplamente disponível antes do fim do ano que vem.





De acordo com a OCDE, a China e outras grandes economias do mundo sofrerão danos menores do que era esperado com a pandemia do novo coronavírus. Por outro lado, a situação de emergência sanitária global terá um impacto maior nos países pobres.

“O ímpeto parece estar atingindo o platô e a confiança permanece fraca”, destacou Laurence Boone, economista-chefe da OCDE.

Em seu último relatório trimestral sobre a economia mundial, a entidade espera que o PIB global caia 4,5% em 2020. No documento anterior, a projeção era de queda de 6%.

Já para 2021, a OCDE espera que a economia global avance 5% – ante expectativa de 5,2% no último relatório. Na melhor das hipóteses, com menos restrições ligadas à covid-19 e com uma eventual vacina, o órgão acredita que o PIB mundial poderá crescer 7% no próximo ano.

Foto: Depositphotos

Leia também:   Emissões de debêntures incentivadas chegam a R$ 1,9 bi em março

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp