18,1% das varejistas apontam que isolamento impactou receita, informa IBGE

Varejo, foto de Hermes de Paula/Agência O Globo

As medidas de isolamento social impostas para impedir a disseminação do novo coronavírus impactaram a receita de 18,1% das empresas de varejo que prestaram informações à Pesquisa Mensal do Comércio de maio, disse o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

→ Leia também: Varejo cresce 13,9% em maio, diz IBGE

De acordo com a Agência Estado, entre as empresas que deram alguma justificativa para a variação da receita em maio, 44,5% delas citaram o coronavírus como principal causa.

Na comparação anual, houve uma queda de 26% no volume de vendas das varejistas que relataram ter sentido o impacto do vírus em suas atividades. Já entre as empresas que não reportaram qualquer impacto da pandemia em suas receitas, o volume vendido retraiu 0,7%.

O comércio varejista caiu 7,2% nas vendas em maio de 2020 ante o mesmo período do ano passado. As companhias que relatam algum impacto por causa da covid-19 contribuíram negativamente em 6,6 pontos percentuais.

Foto: Hermes de Paula/Agência O Globo

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no whatsapp