Navegue:
Ish Tech protocola pedido para IPO na CVM

Ish Tech protocola pedido para IPO na CVM

A oferta, de distribuição primária e secundária, contará também com esforços de colocação dos papéis no exterior

Ish Tech Facebook
Por:

Compartilhe:

Por:

A Ish Tech protocolou nesta quinta-feira, 19, um prospecto para realizar uma oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) na Comissão de Valores Mobiliários (CVM).       

Segundo a minuta do documentoa oferta será constituída de distribuição primária, ou seja, quando os recursos levantados vão diretamente para o caixa da empresa, e secundária, quando os atuais acionistas vendem parte de suas fatias.            

Ela também poderá ser acrescida de lotes adicional, de até 20% do total de papéis inicialmente ofertados, e suplementar, de até 15% do total.       

A operação será coordenada por XP (líder), UBS BB e BTG Pactual. 

Além disso, no exterior, serão realizados esforços de colocação dos ativos pela XP Investments US, pelo UBS Securities e pelo BTG Pactual US Capital. 

Nos Estados Unidos, será exclusivamente para investidores institucionais qualificados, residentes e domiciliados no país.  

Já nos demais países, será para investidores estrangeiros que sejam considerados não residentes ou domiciliados nos EUA.  

Os recursos obtidos com a tranche primária serão destinados a: 

  • Crescimento orgânico, com ênfase nas áreas de marketing, vendas, infraestrutura e recursos humanos, além de reforço do capital de giro;  
  • Pesquisa e Desenvolvimento, com a finalidade de oferecer novos produtos e soluções para os seus clientes;  
  • Crescimento inorgânico, para oferecer novas tecnologias e produtos em novas geografias, aumentar a base de clientes e a sua capilaridade e agregar eventuais sinergias operacionais. 

Sobre a Ish Tech 

A Ish Tech, fundada em 1996 e sediada em Vitória (ES), é uma empresa de cibersegurança e, junto com suas futuras controladas, conta com infraestrutura de Data Center própria em Vitória. 

Além disso, tem 9 escritórios operacionais regionais em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Goiânia, Recife e Fort Lauderdale (Estados Unidos).  

Atualmente, a companhia possui um time de engenheiros e analistas com mais de 490 colaboradores, atendendo a aproximadamente 500 clientes e com mais de 1 milhão de ativos gerenciados.  

Lâmina de IPO       

Agora você pode analisar todos os IPOs em andamento na CVM direto pelo TradeMap!       

Acesse nosso portal, clique no Módulo de Ações e, em seguida, selecione a aba “IPOs”, que fica na barra superior central da tela.       

Por lá, você conseguirá acompanhar todas as atividades relacionadas à oferta pública inicial, como valor da operação, faixa estimada pelos coordenadores, cronograma do IPO e muito mais!       

O que é bookbuilding e para que serve?       

De um modo resumido, o bookbuilding é o processo utilizado para definir um preço justo para o IPO ou oferta subsequente de ações (follow on), que seja adequado à intenção de compra dos investidores.       

Por isso, durante o processo, os coordenadores da oferta estudam e avaliam a demanda de seus ativos no mercado. Assim, eles conseguirão estimar o preço que poderá praticar e a quantidade de ações ou títulos que poderão ser oferecidos. Veja mais detalhes aqui.    

 Foto: Ish Tech/Facebook

Compartilhe: