Navegue:
Ministério da Economia vai divulgar indicador de atividade econômica mensal para antecipar tendência do PIB

Ministério da Economia vai divulgar indicador de atividade econômica mensal para antecipar tendência do PIB

O objetivo é avaliar o comportamento da atividade econômica com base em dados de alta frequência e antecipar tendências do PIB

indicador de atividade economica
Por:

Compartilhe:

Por:

A Secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Economia passará a divulgar mensalmente o Indicador de Atividade Econômica (IAE/SPE), que busca monitorar dados de cinco principais subsetores do PIB

O objetivo é avaliar o comportamento da atividade econômica com base em dados de alta frequência, que permitem o monitoramento quase em tempo real, com defasagem de apenas alguns dias, e tentar antecipar as tendências da economia, se ela está em crescimento ou desaquecendo.

Entre os dias 10 e 20 de cada mês, serão publicadas variações interanuais do IAE, que medem mês contra o mesmo mês do ano anterior, além da variação interanual do indicador agregado.

“O principal objetivo do IAE/SPE é acompanhar a atividade econômica em tempo real, de forma tempestiva, divulgando o número poucos dias após a realização dos dados”, explica a SPE.

Segundo a SPE, esse monitoramento visa antecipar em um a dois meses o PIB Nowcasting, que utiliza pesquisas mensais do IBGE. O dado oficial do PIB é divulgado pelo IBGE apenas dois meses após o fim de cada trimestre.

O IAE/SPE mostra a atividade do mês anterior por subsetor e agregada, antecipando a informação sobre o desempenho de alguns subsetores do PIB brasileiro – Indústria de Transformação, Comércio, Transportes, Serviços de Informação e Outros Serviços.

A primeira divulgação mensal mostra o Indicador de Atividade Econômica para os subsetores analisados no mês de outubro de 2021, em relação ao mesmo mês de 2020, com crescimento de 2% no agregado. A maior alta na atividade econômica foi de Serviços de Informação, com 8,4%, seguido por Transportes, que subiu 7,2%, e Outros Serviços, com aumento de 6,5%. Houve redução do indicador para a Indústria de Transformação (-4,9%) e Comércio (-3,3%).

O Banco Central Europeu e o Federal Reserve , banco central americano, já usam dados de alta frequência para monitorar o PIB.

Compartilhe: