Navegue:
IBC-Br registra queda de 0,43% em maio, abaixo do esperado pelo mercado

IBC-Br registra queda de 0,43% em maio, abaixo do esperado pelo mercado

Já em relação ao mesmo período de 2020, o indicador reportou um crescimento de 14,21%, acumulando ganho de 1,07% em 12 meses e de 6,6% no ano

Banco Central BC - foto de Marcello Casal Jr. (Agência Brasil)
Por:

Compartilhe:

Por:

O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), considerado como uma prévia do Produto Interno Bruto (PIB), apresentou uma queda de 0,43% na passagem de abril para maio deste ano. Os dados foram divulgados pela entidade monetária nesta quarta-feira, 14.

Já em relação ao mesmo período de 2020, o indicador reportou um crescimento de 14,21%, acumulando ganho de 1,07% em 12 meses e de 6,6% no ano.

Contudo, o resultado ficou abaixo do esperado pelos analistas consultados pela Refinitiv, que projetavam avanço de 1% na base mensal.

Enquanto isso, o IBC-Br de abril frente março foi revisado para cima, passando de expansão de 0,44% para alta de 0,85%.

O que é o IBC-Br?

O IBC-Br, divulgado mensalmente, é um indicador do Banco Central considerado pelo mercado como uma prévia do resultado do PIB, que é a soma de todos os serviços e bens produzidos no país.

Ele serve de base para investidores e empresas adotarem medidas de curto prazo. No entanto, o resultado não reflete necessariamente o desempenho anual do PIB.

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Compartilhe: