Navegue:
BC eleva para 1,7% previsão de alta do PIB de 2022; mercado já vê IPCA em 4,7% no ano que vem

BC eleva para 1,7% previsão de alta do PIB de 2022; mercado já vê IPCA em 4,7% no ano que vem

Autoridade monetária espera crescimento de 11,9% no crédito neste ano, ante projeção anterior de 8,9%

Prédio do Banco Central em Brasília

Foto: Shutterstock

Por:

Compartilhe:

Por:

O Banco Central atualizou sua projeção para o PIB (Produto Interno Bruto) em 2022. Em meio à alta do consumo das famílias e aumento das exportações, a instituição espera agora que a economia cresça 1,7% neste ano, contra expectativa anterior de 1%.

A autoridade monetária ainda revisou para cima as projeções para crédito neste ano, de uma alta de 8,9% para uma expansão de 11,9%.

Leia mais:
Selic só deve começar a cair em maio de 2023, diz Goldenstein, ex-BC

O BC informou ainda que os analistas ouvidos pelo Boletim Focus já esperam uma inflação de 4,70% em 2023, quase no teto da meta para a alta de preços do ano que vem,  que é de 3,25%, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo).

Os dados divulgados nesta quinta-feira (23) antecipam algumas informações do Relatório Trimestral de Inflação. O documento será apresentado no próximo dia 30.

O diretor de Política Econômica do BC, Diogo Guillen, ressaltou que a atividade econômica deve continuar perdendo ritmo daqui para a frente, na medida em que o aumento da taxa de juros for impactando o consumo.

“[A revisão para alta de 1,7%] foi feita principalmente pelo consumo das famílias, com a volta dos serviços e comércio após a reabertura, e um pouco pelo aumento das exportações”, disse. “Nos próximos meses, grande parte do aperto monetário ainda vai se fazer presente. Esperamos uma desaceleração da atividade nos próximos trimestres”.

⇨ Acompanhe as notícias de mais de 30 sites jornalísticos de graça! Inscreva-se no TradeMap!

Compartilhe:

Compartilhe: