Taxa de desemprego fica em 11% no quarto trimestre de 2019, aponta IBGE

Equipe TradeMap

Equipe TradeMap

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

A taxa de desemprego nacional foi de 11% no quarto trimestre de 2019, de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), divulgada nesta sexta-feira, 31, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Os dados apontam que houve uma redução da taxa em relação ao trimestre anterior, quando atingiu 11,8%, e também no mesmo período de 2018 (11,6%). “Essa é a menor taxa do trimestre terminando em dezembro, desde 2015, quando atingiu 8,9%”, informou o IBGE em nota.





O resultado veio igual à mediana calculada pelo Broadcast, com intervalo entre 10,8% e 11,3%.

Além do mais, o IBGE também divulgou a taxa média de desemprego de 2019, que atingiu a marca de 11,9%, número inferior no comparativo com 2018, de 12,3%. Segundo o instituto, foi a menor taxa desde 2016, quando reportou 11,5%.

“A pesquisa revelou um contingente de 12,6 milhões de pessoas desocupadas, no ano passado, 1,7% a menos do que em 2018. Porém, na comparação com o menor ponto da série, quando atingiu 6,8 milhões em 2014, a população sem trabalho quase dobrou, crescendo 87,7% em cinco anos”, apontou.

Renda

A renda média real do trabalhador foi de R$ 2.340 no quarto trimestre, enquanto a média anual ficou em R$ 2.330, com pequena variação de 0,4% em relação a 2018.

Foto: Marcello Casal/Agência Brasil





Leia também:   CCR registra lucro de R$ 688,9 milhões no 1º trimestre

Tags:

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp