Queda do valor do Petróleo preocupa Investidores

Os preços do petróleo Brent – comercializado na Bolsa de Londres – caíram 12% nos últimos três dias, de acordo com informações da Bloomberg. O motivo da desvalorização é o aumento dos estoques norte-americanos por temores de uma desaceleração econômica mundial devido à guerra comercial entre os Estados Unidos e a China, como aponta a Reuters.

A última vez que o Brent registrou queda em condições “normais” foi em 2004. Segundo especialistas da área essa onda vendedora foi incomum, mesmo se considerarmos os padrões do mercado de petróleo. De acordo com dados dos países que mais consomem o produto, houve um registro negativo da demanda entre os meses de março e abril.

O valor do barril do Brent caiu para menos de US$ 60 na quarta-feira (5), o menor preço desde janeiro deste ano. Além do mais, também ocorreu queda nas cotações do WTI – nome derivado de West Texas Intermediate.

A Administração de Informação sobre Energia (AIE) informou que os estoques de petróleo nos EUA diminuíram 300 mil barris na última semana de maio, número muito menor da retração de 5,3 milhões de barris de acordo com o Instituto Norte-Americano de Petróleo.

As margens de refino e os spreads de craqueamento de produtos também estão em queda, o que indica uma piora na demanda.

O TradeMap apresentou, entre suas listas Novidades, as companhias ligadas a Petróleo, tanto nacionais como internacionais, além do contrato futuro de petróleo WTI da bolsa B3.

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Escrever um comentário