Queda da Selic é o principal motivo para brasileiro investir, aponta Anbima

Sabine Peters/Unsplash

A Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima) divulgou nesta terça-feira, 21, uma pesquisa que aponta que a redução dos juros é o principal fator de estímulo aos investimentos pessoais.

A pesquisa, encomendada ao Datafolha, revela que 48% dos entrevistados abordam a queda da taxa de juros como motivo para investir no mercado financeiro. Os dados coletados pela Anbima também mostram que o risco de desemprego estimula 37% das pessoas a aplicar, ao mesmo tempo que diminui a propensão de outros 37%.

Apesar de 62% dos entrevistados admitirem expectativas positivas para a economia brasileira em 2020, o otimismo é menor do que o visto no ano passado, quando 74% disseram esperar por uma recuperação.

“O contexto econômico deve ser levado em conta ao se fazer qualquer tipo de investimento. Os juros baixos, por exemplo, trazem a necessidade de diversificar as aplicações. A reforma da Previdência, por sua vez, acende um alerta sobre como se preparar para aposentadoria”

afirma Ana Leoni, superintendente de educação e informações técnicas da Anbima.

Segundo a pesquisa, a parcela da população que espera uma piora na economia do Brasil para este ano subiu de 14%, em relação a 2019, para 21%. Enquanto isso, o grupo dos que não esperam por mudanças cresceu de 12% para 17%.

Foto: Sabine Peters/Unsplash

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no whatsapp