Mercado aumenta projeção da inflação e diminui expectativa de crescimento do PIB, revela Boletim Focus

Para 2022, a estimativa do IPCA subiu em 0,01 ponto percentual, de 4,17% para 4,18%, sendo a 13ª alta seguida

Banco Central Marcello Casal Jr. Agencia Brasil

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Logo Trademap

Por:

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Por:

Os economistas do mercado financeiro subiram pela 28ª semana consecutiva a projeção para a inflação de 2021, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), de 8,59% para 8,69% – o que representa um avanço de 0,10 ponto percentual frente à leitura anterior.

Para 2022, a estimativa subiu em 0,01 ponto percentual, de 4,17% para 4,18%, sendo a 13ª alta seguida.

Os dados são do Boletim Focus, divulgado nesta segunda-feira, 18, pelo Banco Central (BC), e que traz as previsões do mercado para os principais indicadores econômicos do país.

Vale lembrar que a meta de inflação de 2021 a ser perseguida pelo BC é de 3,75%, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para mais ou para menos. Contudo, a autarquia já deixou claro, em seu relatório trimestral de inflação, que a probabilidade de o indicador ultrapassar a meta imposta pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) para este ano é de 100%.

BF 18 de outubro de 2021

PIB

A previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 2021 caiu de 5,04% para 5,01%. Para o próximo ano, o mercado também diminuiu a expectativa de 1,54% para 1,50%.

Leia também:   Inflação medida pelo IGP-M avança na 2ª prévia de novembro puxada por combustíveis e minério

O PIB é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país e serve, sobretudo, para medir a evolução da economia.

Selic

Quanto à taxa básica de juros, a Selic, os analistas mantiveram as projeções de 2021 e de 2022 em 8,25% e 8,75% ao ano, respectivamente.

No dia 22 de setembro, o Comitê de Política Monetária (Copom) elevou a taxa em 1 ponto percentual, para 6,25% ao ano. Desde março, a autarquia vem aumentando a Selic como forma de combater a alta da inflação.

Câmbio

Em relação ao câmbio, os analistas mantiveram a previsão de R$ 5,25 para este ano. Para 2022, o mercado manteve a estimativa do dólar em R$ 5,25.

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

BLACK

WEEK

tag
Horas
Min.
Seg.

Não vá ainda...
Olha só o que tá rolando!

Popup Banner Black Week 3 1