Lucro líquido do Bradesco cresce 20% em 2019 e fecha em R$ 25,89 bilhões

Bradesco, foto de Paulo Whitaker - Reuters

O Bradesco (BBDC3; BBDC4) reportou um lucro líquido recorrente de R$ 6,645 bilhões no quarto trimestre do ano passado, resultado 14% maior em relação ao mesmo período de 2018, de R$ 5,830 bilhões.

Segundo o banco, o resultado trimestral foi influenciado pelo desempenho operacional, com destaque para o crescimento de margens financeiras, da operação de seguros e receitas com prestação de serviços.

Já no acumulado de 2019, o Bradesco apresentou um desempenho positivo de 20% no lucro líquido frente ao exercício de 2018. Com isso, o banco alcançou a marca de R$ 25,887 bilhões e bateu recorde.

No ano passado, a instituição financeira conseguiu diminuir a distância que estava de seus pares em termos de retorno, além de lançar uma ofensiva para controlar suas despesas com um programa de demissão voluntária (PDV) e o fechamento de 450 agências.

Enquanto isso, a carteira de crédito do Bradesco, no conceito expendida, somou R$ 604,953 bilhões em dezembro, cifra 4,6% maior em relação a setembro.

O patrimônio líquido do banco atingiu R$ 133,723 bilhões no quarto trimestre de 2019, aumento de 10,4% no comparativo anual. Entretanto, em três meses, houve uma queda de 3,3%.

Por sua vez, a rentabilidade média sobre o patrimônio líquido (ROE, na sigla em inglês) foi a 21,2% no 4T19, enquanto o 3T19 atingiu 20,2%. No ano de 2019, o indicador reportou 20,6% contra 19% em 2018.

Dividendos

Nesta quarta-feira, 5, o Bradesco anunciou que seu conselho administrativo decidirá dia 17 a respeito do pagamento de R$ 490,9 milhões em dividendos aos seus acionistas.

O pagamento, se aprovado, será de R$ 0,058213963 por papel ordinário e R$ R$ 0,064035359 por ativo preferencial.

Ibovespa

Às 10h26, os papéis PNs e ONs lideravam as maiores altas do dia na Bolsa de Valores de São Paulo. Acompanhe a cotação em tempo real com o TradeMap.

Maiores altas do dia, às 10h26, no TradeMap
Maiores altas do dia, às 10h26, no TradeMap
Veja mais!

Pelo TradeMap Premium é possível analisar os dados financeiros e de mercado de qualquer companhia listada na bolsa de valores (incluindo ativos americanos). Acesse o Portal TradeMap, clique uma vez no papel e estude os indicadores!

Foto: Paulo Whitaker/Reuters

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no whatsapp