Lucro da Cielo cai quase 50% em 2019

Prédio da Cielo, foto de Paulo Fridman/Bloomberg

A Cielo (CIEL3) encerrou o ano de 2019 com lucro líquido de R$ 1,58 bilhão, o que representa uma queda de 49,7% em relação ao registrado no final de 2018. O resultado reflete o impacto da competição nas receitas e o crescimento das despesas devido às aplicações na força comercial.

De acordo com o balanço da companhia, a Cielo registrou lucro líquido de R$ 242,4 milhões no quarto trimestre do ano passado, queda de 68% frente ao mesmo período de 2018, quando reportou R$ 757,7 milhões, considerando o conceito Cosif – critério exigido a empresas reguladas pelo Banco Central.

Já em relação ao terceiro trimestre de 2019, a companhia teve um recuo de 32,3%, quando somou R$ 358,1 milhões.

Por sua vez, a receita operacional líquida da Cielo foi de R$ 2,975 bilhões no quarto trimestre, um queda de 1,2% ante o mesmo período de 2018. Entretanto, houve uma alta 6,3% quando comparado ao 3T19.

“A diminuição da receita líquida proveniente de captura, transmissão, processamento e liquidação financeira das transações realizadas com cartões de crédito e débito, bem como na receita de aluguel de equipamentos, devem-se substancialmente à pressão no preço médio decorrente do ambiente competitivo, efeitos parcialmente compensados pelo aumento do volume capturado e pelo crescimento da receita relacionada ao produto pagamento em dois dias”, informou a Cielo em seu release.

Ibovespa

Às 11h20, os papéis ordinários da Cielo registravam alta de 1,14% na Bolsa de Valores de São Paulo. Acompanhe a cotação em tempo real com o TradeMap.

Cielo, às 11h20, no TradeMap
Cielo, às 11h20, no TradeMap
googleplay
appstore

Veja mais!

Pelo TradeMap Premium é possível analisar os dados financeiros e de mercado de qualquer companhia listada na bolsa de valores (incluindo ativos americanos). Acesse o Portal TradeMap, clique uma vez no papel e estude os indicadores!

Foto: Paulo Fridman/Bloomberg

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no whatsapp