Divulgação de resultados trimestrais

Equipe TradeMap

Equipe TradeMap

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

O mês de julho garante resultados financeiros de empresas de capital aberto. Entre ontem e hoje, três companhia grandes divulgaram seus balanços: Ambev, Bradesco e Grupo Pão de Açúcar.

Na B3, a Ambev (ABEV3) manteve liderança entre as principais altas do Índice Ibovespa, o que representa a maior disparada da empresa desde 2008. O motivo dessa subida foi a divulgação de resultado do segundo trimestre de 2019, com 16,1% a mais que o mesmo período do ano passado.

O GPA (PCAR4) também anunciou seus resultados do 2T19, via fato relevante. A companhia mantém a segunda colocação nas maiores altas do IBOV, chegando a atingir 6,68% no pregão de hoje. A varejista relevou que teve alta de 217,4% em seu balanço, comparado com o desempenho do segundo trimestre de 2018.





Leia também:   Seguradoras crescem 9,7% em janeiro e têm melhor mês desde 2018

Já o Banco Bradesco (BBDC3; BBDC4) alcançou uma alta do seu lucro líquido de 25,2% em relação ao segundo trimestre de 2018. A rentabilidade sobre patrimônio líquido (ROE) atingiu 20,6%, mas mesmo isso não foi capaz de segurar os papéis da companhia, que tiveram as maiores baixas do Ibovespa.

O principal motivo, segundo o InfoMoney, é que o resultado decepcionou os investidores que precificavam indicadores ainda melhores, isso além da interferência do mercado externo, já que o presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Daghi, disse que não existe consenso dentro da autoridade monetária para um pacote de estímulos baseado em quantitative easing – que é um programa de adquirir títulos públicos para incentivar a economia.

Leia também:   Seis ministros do governo Bolsonaro deixaram seus cargos nesta segunda-feira

Além dessas companhias, a Cielo (CIEL3) chegou a atingir 12% no pregão de ontem após divulgar seus resultados trimestrais, que vieram muito negativos, porém acima do esperado. O Santander também informou seu balanço na terça-feira, 23, com receitas muito acima do esperado, porém lucro em linha com as expectativas do mercado.

Tags:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp