Como proteger seus investimentos de riscos?

proteção

Investir no mercado financeiro não é uma tarefa difícil, mas é importante frisarmos que esse procedimento exige alguns cuidados! Os investimentos possuem riscos que podem ser evitados, caso você monte uma estratégia de proteção.

Dessa forma, antes de começar a aplicar seu capital em algum produto financeiro, é essencial entender esses fatores que podem comprometer seus retornos.

Abaixo, listamos alguns cuidados que você pode seguir para efetuar uma alocação mais segura do seu dinheiro! Vamos lá?

O que são riscos e como evitá-los?

No mercado financeiro existem riscos aos quais os produtos já estão sujeitos, como inflação, juros, taxa de câmbio e instabilidade política ou econômica. Essas categorias fazem parte do chamado risco de mercado, uma vez que envolvem o mercado como um todo.

Outro segmento conhecido no mercado é o risco de liquidez, que nada mais é do que um investidor querer vender um ativo e não encontrar alguém para comprá-lo. Produtos como o Tesouro Selic ou ações de companhias grandes têm alta liquidez.

Além desses riscos, também existem os seguintes:

  • Risco diversificável
  • Risco de crédito
  • Risco legal
  • Risco operacional

Por isso, algumas dicas são necessárias para se proteger e evitar perdas, como diversificar o portfólio!

Diversifique

Antes de mais nada, a diversificação funciona, principalmente, para manter certa segurança em seus investimentos. Temos que ter em mente que o mercado financeiro é volátil e, dessa forma, não temos como antever acontecimentos que podem abalá-lo ou, também, inflá-lo.

 Leia também: Diversificação de investimentos na carteira

O jeito mais fácil de se proteger contra possíveis impactos é investir em diferentes segmentos ou tipos de aplicação.

Invista em companhias sólidas

Há um senso comum de que aplicar em empresas consolidadas garante uma certa proteção e, claro, assinamos embaixo. Para analisar o contexto de uma empresa, o TradeMap te ajuda nessa!

Na tela de empresas do TradeMap Premium é possível verificar indicadores fundamentalistas que te auxiliam a estudar sobre determinada companhia em que deseje aplicar! Com dados financeiros, de mercado e um panorama geral, a ferramenta passa informações relevantes que podem ser uma peça chave sobre um bom ou mau negócio!

Acesse agora mesmo o portal e cadastre-se para ter a melhor ferramenta em sua análise!

Defina seu perfil de risco e estabeleça seu horizonte de investimento

Essa etapa é fundamental para garantir uma direção e saber qual perfil melhor se adequa com você! Classificamos esses perfis em:

  • Conservador: dá preferência à segurança e procura diminuir ao máximo o risco de perda, e, por isso, aceita até rendimentos menores.
  • Moderado: procura equilíbrio na hora de investir, ficando entre a segurança e a rentabilidade. Às vezes corre certo risco para render mais dinheiro do que investimentos mais seguros.
  • Arrojado: prioriza investimentos com maior rentabilidade, mesmo capaz de correr grandes riscos.

Após esse primeiro procedimento, é necessário também estabelecer o horizonte de investimento, que nada mais é do que o prazo em que cada investidor pretende manter seu capital investido, e atrelá-lo com o perfil de risco. Saiba mais clicando aqui.

FGC

Em renda fixa, alguns títulos são protegidos pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC), o que significa que em caso do emissor do título quebrar, o FGC paga ao investidor a garantia de até R$ 250 mil, nos limites da regulamentação. Para saber mais informações, clique aqui.

 

Baixe o TradeMap e tenha acesso à plataforma mais completa do mercado financeiro!

googleplay
appstore