Cielo (CIEL3) dispara 15% com possível venda de controlador e perspectivas animam o mercado

Cielo - Foto: Forbes

O preço da cotação da companhia de maquininhas Cielo (CIEL3) disparou para mais de 15% de alta após a divulgação da notícia, pela Agência Estado, de que o Banco do Brasil (BBAS3) estuda vender sua participação de 28,65% da companhia. A valor de mercado de hoje, a venda movimentaria mais de R$ 5,65 bilhões. Já foram iniciadas movimentações na governança com a entrada do especialista em Desinvestimento Mauro Ribeiro Neto no conselho da Cielo.

O Bradesco (BBDC4), principal acionista da Cielo, detém por acordo societário, uma preferência na compra da participação do Banco do Brasil caso essa notícia se confirme.

Será que teremos um leilão pela líder do setor?

Estratégia de conquista de mercado vem funcionando

A Cielo divulgou seu resultado trimestral há duas semanas, com queda de 33,3% no ano e de 21,4% no trimestre, como aponta o portal Valor Investe. No entanto, após anunciar o resultado financeiro, os papéis da empresa disparam na B3, devido principalmente às repercussões junto ao presidente da credenciadora, Paulo Caffarelli, durante teleconferência.

De acordo com Caffarelli, a estratégia da empresa de focar em participação de mercado foi acertada, em relação do custo envolvido na “guerra das maquininhas”, e começa a dar resultado.

A credenciadora anunciou também ótimos resultados de market share, ganhando participação pelo segundo trimestre seguido. No começo do ano, a Cielo detinha 42%, acompanhada pela Rede, do Itaú Unibanco, GetNet, do Santander Brasil, PagSeguro, Stone e Barisul. Porém, o setor de meios de pagamentos continua desafiador, de acordo com Eduardo Rosman, analista do BTG Pactual.

Segundo a Coluna do Broadcast, a Cielo ampliou seu market share a despeito da Rede ter crescido seu volume financeiro em ritmo mais acelerado no 2T19 como reflexo da sua agressividade na linha de antecipação de recebíveis.

O volume financeiro de transações capturado pelos terminais da Cielo subiu 8,9% no segundo trimestre, em comparação ao mesmo período do ano passado, para R$ 164,5 bilhões – o que representa o maior crescimento desde o 3T17.

O BTG Pactual tem recomendação neutra para a Cielo, como aponta matéria da Época Negócios.

Gráfico de market share divulgado pela Cielo
Gráfico de market share divulgado pela Cielo
O que é market share?

Market share é a participação de uma empresa no mercado em que ela faz parte. Ou seja, o segmento em que uma determinada companhia atua. Dessa forma, é possível medir seu tamanho em relação às concorrentes.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no whatsapp