China autoriza mais 25 empresas brasileiras para exportação de carne

Equipe TradeMap

Equipe TradeMap

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) informou nesta segunda-feira que mais 25 empresas do setor de carne foram autorizadas a exportar produtos para a China. Com isso, o total de companhias habilitadas passa de 64 para 89.

De acordo a Agência Brasil, o órgão público recebeu um comunicado da GACC, órgão de sanidade chinês, com a informação de que essas plantas foram habilitadas para a exportação de carne para a China. Dos 25 frigoríficos, que já podem exportar imediatamente, 17 são de carne bovina, 6 de frango, um de porco e um de asinino.





As negociações foram tratadas pelo Mapa em conjunto com o Ministério das Relações Exteriores e a Embaixada do Brasil em Pequim.

Leia também:   Emissões de debêntures incentivadas chegam a R$ 1,9 bi em março

O país asiático é o principal parceiro comercial do agronegócio do Brasil. Somente de janeiro a junho deste ano, a China comprou US$ 1,75 bilhão em carnes. O aumento por proteínas animais vem crescendo desde 2018, quando uma crise de peste suína atingiu a região chinesa.

Veja a lista das empresas autorizadas:

Empresas habilitadas para expor produtos à China
Empresas habilitadas para expor produtos à China

Na Bolsa de Valores de São Paulo, os papéis da Marfrig (MRFG3) operam com ganhos de mais de 7%. Você pode acompanhar em tempo real direto com o TradeMap.

MRFG3 (Marfrig)
Papéis da MRFG3, às 13h, no TradeMap

Foto: Agropecuária Grande Lago





Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp