Câmara dos EUA aprova impeachment de Trump

Donald Trump

A Câmara dos Deputados dos Estados Unidos aprovou na noite de ontem, 18, o impeachment do presidente Donald Trump. Dessa forma, o republicano é o terceiro chefe de Estado do país a sofrer tal procedimento pela casa liderada por democratas.

O plenário registrou 230 votos a favor e 197 contra a acusação de que o norte-americano cometeu abuso de poder ao pedir que o presidente da Ucrânia investigasse Joe Biden, potencial candidato à presidência dos EUA em 2020.

Entretanto, a decisão da Câmara dos Deputados não retira Trump da presidência. Nos Estados Unidos, a cassação ocorre somente se o Senado, dominado pelo Partido Republicano, aprovar por maioria qualificada de dois terços. No cenário atual, é improvável que o impeachment seja concretizado.

Na terça-feira, 17, Trump enviou uma carta à presidente da Câmara, Nancy Pelosi, acusando a oposição de declarar “guerra contra a democracia americana”.

Segundo a Reuters, Pelosi ainda não declarou formalmente quando vai submeter as acusações de impeachment de Trump ao Senado. Essa medida é necessária para dar andamento ao novo julgamento.

Por que ocorreu o impeachment?

A Câmara dos Deputados aprovou o impeachment baseado em duas acusações:

→ Abuso de poder ao pedir que o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, investigasse a família de Joe Biden. Os deputados consideram este ato como interferência de um governo estrangeiro.

→ Obstrução ao Congresso, ao ignorar intimações oficiais.

 

Foto: Brendan Smialowski

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no whatsapp