Vibra Energia anuncia parceria com ZEG Biogás para desenvolver o mercado de biometano

A parceria busca estimular o crescimento do mercado no país, que tem potencial para superar 10 bilhões de metros cúbicos por ano

Foto: BR Distribuidora/Divulgação

Logo Trademap

Por:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Por:

Vibra Energia (BRDT3), ex-BR Distribuidora, informou nesta terça-feira, 31, que firmou um acordo de cooperação com a ZEG Biogás e Energia para o desenvolvimento do mercado de biometano. 

Segundo o comunicado ao mercado, o objetivo desta parceria é estimular o crescimento do mercado no país, levando soluções tecnológicas aos produtores para a fabricação do gás a partir de subprodutos do processo que dá origem ao etanol.  





“A Vibra e a ZEG aliam suas forças presentes em seus mercados de atuação”, disse a companhia no documento.  

A Vibra, com seu acesso aos principais produtores de açúcar e etanol do Brasil, utilizará sua capacidade comercial para acelerar a introdução do biometano no mercado. 

A empresa pretende viabilizar uma solução ambientalmente adequada para mais de 300 usinas de etanol com que se relaciona, a partir da vinhaça e efluentes de seus processos produtivos. 

De acordo com a empresa, a solução “contribui para melhoria na produtividade do solo, com a consequente melhora dos resultados operacionais das usinas”. 

Enquanto isso, a ZEG, especializada na produção e produção de biogás e biometano, possui tecnologia própria com a melhor solução em biodigestor para vinhaça do mundo, incentivando o mercado de energia renovável e biocombustíveis no país. 

O biometano é um combustível totalmente renovável que é capaz de substituir combustíveis fósseis como gás natural, óleo combustível, diesel e GLP.  





Segundo o documento, o mercado brasileiro potencial do produto é superior a 10 bilhões de metros cúbicos por ano, equivalente a um terço da demanda atual por gás natural no país.  

A companhia ainda destacou que está a caminho de uma transição para fontes energéticas mais limpas e renováveis, alinhado com a implementação da agenda ESG. 

Leia também:   Multiplan pagará R$ 270 milhões em JCP; confira as datas

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Baixe o App Footer Post
Baixe o App Footer Post 0003 Carteira

Carteira consolidada

Baixe o App Footer Post 0002 historico de Dividendos

Histórico de dividendos

Baixe o App Footer Post 0001 Acompanhamento

Acompanhamento em tempo real

Baixe o App Footer Post 0000 IBOV

Comparação com IBOV, CDI, Dólar e mais