TradeMap 3.0 ganha nova função: Indicadores de Caixa e Estoque

Equipe TradeMap

Equipe TradeMap

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Temos uma notícia ótima para você que é assinante do plano Pro! O TradeMap acaba de lançar os Indicadores de Caixa e Estoque, uma funcionalidade inédita no mercado financeiro e que traz ainda mais vantagens aos investidores!

Esses indicadores referem-se à saúde de caixa e gestão de estoques das companhias e, quando analisados em conjunto, podem ser uma poderosa ferramenta para avaliar se a companhia está saudável do ponto de vista de produção, pagamento e recebimento de contas.

O que é muito importante para entender se a operação está consistente e deve se manter estável para os próximos períodos.





Dito isso, que tal entender um a um e aproveitar ainda mais o TradeMap 3.0? Veja só:

Giro de Estoque

O Giro de Estoque representa quantas vezes o estoque é completamente reposto pela empresa ao longo de um período – geralmente em anos.

Além disso, ele também verifica o desempenho de um estoque na empresa: quanto maior o valor, mais vezes o estoque é trocado ao longo do período, ou seja, mais a empresa está vendendo e menos estoque está ficando parado nos armazéns.

Idade Média do Estoque

A Idade Média do Estoque busca entender quanto tempo o produto costuma ficar no estoque da empresa – geralmente dado em dias.

Quanto maior, mais tempo o produto passa nos armazéns da companhia. Já quanto menor a idade média do estoque, significa que a companhia consegue vender seus produtos rapidamente a partir do momento que eles chegam no estoque, ou seja, maior a frequência de vendas.

Prazo Médio de Recebimento

O Prazo Médio de Recebimento diz respeito a quanto tempo em média a empresa demora para receber pelas suas vendas, uma vez que as companhias podem aceitar pagamentos parcelados.

É geralmente dado em dias e, quanto maior, mais tempo a empresa demora para receber suas contas, o que não é um bom sinal, já que isso significa que a empresa demora para transformar suas vendas em dinheiro.

Ciclo Operacional

O Ciclo Operacional é o intervalo de tempo entre as compras realizadas pela a empresa e o recebimento pela venda de seus produtos.

Nada mais é do que o período de tempo gasto pela companhia para executar todas as suas atividades operacionais e, posteriormente, receber dinheiro pela venda. Ou seja, é a Idade Média do Estoque somada ao Prazo Médio de Recebimento.





Prazo Médio de Pagamento

O Prazo Médio de Pagamento refere-se a quanto tempo em média a empresa demora para desembolsar caixa por um produto ou matéria-prima adquirida. É geralmente dado em dias e, quanto maior, mais tempo a companhia demora para pagar suas contas, o que pode ser um bom sinal de relação com seus fornecedores.

Ciclo de Conversão de Caixa

O Ciclo de Conversão de Caixa tem relação com o tempo médio entre o pagamento feito aos fornecedores e o recebimento dos valores referentes às vendas do produto.

O ideal é que as empresas tenham o menor intervalo possível entre o pagamento aos fornecedores e o recebimento de clientes. Inclusive, se o recebimento ocorrer antes que o pagamento, melhor. Quanto menor o Ciclo, mais rápido o produto se paga.

Necessidade de Capital de Giro Financeira

A Necessidade de Capital de Giro Financeira (NCG Financeira) indica quanto o negócio precisa dispor de capital de giro a fim de manter suas operações funcionando.

Quanto maior a NCG Financeira, maior a necessidade de aportar capital de giro, visto que o estoque está grande e a empresa tem muita conta a receber, ou seja, vai cair dinheiro no caixa da empresa apenas no futuro.

A NCG Financeira negativa significa que a empresa precisa buscar fontes externas.

Necessidade de Capital de Giro Dias

A Necessidade de Capital de Giro em Dias (NCG – em Dias) leva em conta os prazos médios de recebimento e prazos médios de pagamentos, tendo como resultado o número de dias que falta para o negócio necessitar de mais capital de giro.





Quanto maior, menos a empresa tende a precisar de capital de giro no curto prazo e, consequentemente, maior tende a ser sua eficiência de gestão de caixa.

 

Assine agora mesmo a versão Pro e tenha acesso exclusivo às ferramentas!

O plano Pro é perfeito para os investidores experientes, ou seja, aqueles que possuem um completo entendimento dos números e do mercado e analisam como os movimentos de curto, médio ou longo prazo podem beneficiá-los.

Saiba todos os detalhes desse e os demais pacotes do TradeMap no botão abaixo!

Tags:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp