Vendas no varejo dos EUA sofrem queda de 8,7% em março

Bandeira EUA, foto de Bloomberg

As vendas no varejo dos Estados Unidos sofreram queda histórica em março devido os fechamentos obrigatórios de empresas para controlar a pandemia do novo coronavírus.

O Departamento do Comércio americano informou nesta quarta-feira, 15, que as vendas varejistas caíram 8,7% em março, o que representa a maior queda desde o início da série do governo em 1992.

A projeção feita por economistas da Reuters era de que as vendas no varejo caíssem 8,0% no mês passado.

Dessa forma, o resultado divulgado hoje está em linha com vários norte-americanos desempregados e que solicitam cada vez mais o auxílio-desemprego em meio à crise global causada pelo Covid-19.

O Fundo Monetário Internacional (FMI) já apontou que o mundo está em uma recessão econômica, sendo pior do que a crise financeira de 2008 e 2009.

“A economia está quase em queda livre”, disse à Reuters o professor de economia empresarial da Universidade Loyola Marymount, Sung Won Sohn. “Veremos o fundo quando as taxas de infecção por coronavírus se estabilizarem. Será um fundo bem profundo para se recuperar.”

Foto: Bloomberg

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no whatsapp