Varejo tem queda de 25,2% na última semana, alega Boa Vista

Boa Vista diz que varejo recuou 25,2%, foto de Getty Images

A última semana do comércio varejista brasileiro, de 16 a 22 de março, teve uma queda de 25,2% em relação à semana anterior, de 9 a 15 de março, informou nesta quarta-feira, 25, a empresa de análise de crédito Boa Vista em meio à pandemia do Covid-19.

Os dados mostram que na comparação anual, ou seja, no mesmo período de 2019, a queda registrada foi de 9,5%.

Com isso, as medidas adotadas contra o novo coronavírus, que restringem a circulação de consumidores em todo o país, têm afetado o comércio nacional, diz a entidade.

A Boa Vista ainda aponta que, considerando apenas o último final de semana (de 20 a 22 de março), a queda registrada é ainda maior, atingindo 36,6% contra o final de semana anterior e 44,3% contra os dias 6 a 8 de março – na ocasião, a Organização Mundial de Saúde (OMS) ainda não havia decretado pandemia do vírus.

“As medidas restritivas, como o fechamento de lojas e a drástica redução na circulação de pessoas, têm causado um impacto significante nas vendas do comércio varejista, principalmente nas lojas físicas. As incertezas quanto à duração das restrições e o efeito destas sobre o mercado de trabalho já afetaram fortemente a confiança dos consumidores e devem continuar influenciando negativamente as decisões de consumo”, informou a Boa Vista.

O levantamento foi baseado em uma amostra de consultas realizadas pelo Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC) entre 6 a 22 de março.

Foto: Getty Images