Vale teve alta de produção e vendas no 1º trimestre do ano

Foram 68 milhões de toneladas de minério de ferro produzidas, uma alta de 14,2% em comparação com o 1º tri de 2020.

Equipe TradeMap
Equipe TradeMap
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

A Vale (VALE3) registrou alta de 14,2% na produção de minério de ferro no primeiro trimestre de 2021. De acordo com relatório divulgado na noite de segunda-feira, 19, o total da produção chegou a 68,05 milhões de toneladas. O que demonstra avanço no plano de estabilização e retomada operacional, de acordo com a empresa. 

O retorno gradual das operações nos complexos Timbopeba, Fábrica e Vargem Grande ao longo de 2020 permitiram que a empresa tivesse o aumento relatado. As atividades nestes complexos estavam paralisadas devido a uma revisão de segurança, após Brumadinho. 





Mais fatores que contribuíram para o aumento do desempenho nestes três primeiros meses do ano foram:  atividade forte em Serra Norte combinada com menor volume de chuvas em janeiro; crescimento da compra de terceiros e reinício das operações de Serra Leste. 

Ainda assim, em comparação com o quarto trimestre de 2020, a produção da Vale retraiu 19,5%. O motivo destacado pela companhia foi a sazonalidade habitual do setor. 

Em relação às vendas de minério de ferro, foram 59,3 milhões de toneladas comercializadas no 1T21, alta de 14,8% em comparação com o mesmo período do ano passado. 

Já o volume de minério e pelotas totalizaram 65,6 milhões de toneladas vendidas nos três primeiros meses de 2021, crescimento de 11% em relação ao 1T20, devido à forte produção de minério de ferro e menor disponibilidade da versão fino da commodity. 

No final das contas, a Vale foi beneficiada pela recuperação mais rápida do continente asiático e pelo aumento da demanda nos mercados globais. Os preços mais altos do carvão metalúrgico na China e a necessidade de uma produtividade elevada nos altos-fornos foram significativos de acordo com relatório. 





Nos últimos meses, o minério de ferro teve grandes altas nas cotações. A empresa informou que o prêmio pelo produto no período foi de US$ 8,3 por tonelada. 

A retomada 

Neste começo de ano, a empresa atingiu a capacidade de produção de 327 milhões de toneladas e mantém sua previsão de produzir entre 315 milhões e 335 milhões de toneladas de minério de ferro em 2021.

O plano de retomada avançou com o início da planta de filtragem de rejeitos de Vargem Grande, a primeira de quatro plantas de filtragem em Minas Gerais. A segunda planta, em Itabira, deverá entrar em operação até o fim de 2021.

A produção de pelotas da Vale totalizou 6,3 milhões de toneladas entre janeiro e março, queda de 9,2% ante o mesmo trimestre de 2020, como resultado da menor disponibilidade de “pellet feed” das unidades de Itabira e Brucutu.

Em 2020, a Vale registrou US$ 4,9 bilhões de lucro, ante um prejuízo de US$ 1,7 bilhão em 2019. Nos últimos 12 meses, as ações da empresa subiram 160%.

Foto: Vale/ Divulgação 

Leia também:   Ambipar adquire 65% da empresa de gerenciamento de resíduos SIR Ambiente

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Baixe o App Footer Post
Baixe o App Footer Post 0003 Carteira

Carteira consolidada

Baixe o App Footer Post 0002 historico de Dividendos

Histórico de dividendos

Baixe o App Footer Post 0001 Acompanhamento

Acompanhamento em tempo real

Baixe o App Footer Post 0000 IBOV

Comparação com IBOV, CDI, Dólar e mais

Mais 1000 vagas Liberadas! 🤩

Banner Popup 2