Vale registra lucro de R$ 15,6 bi no terceiro trimestre

De acordo com a companhia, o resultado foi influenciado principalmente ao maior Ebitda no trimestre

Equipe TradeMap

Equipe TradeMap

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

A Vale divulgou na última quarta-feira, 28, seu resultado referente ao terceiro trimestre de 2020. O lucro líquido da mineradora foi de R$ 15,615 bilhões, ficando mais de R$ 10 bilhões à frente quando comparado com o trimestre imediatamente anterior.

De acordo com a companhia, o resultado foi influenciado principalmente ao maior Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) no trimestre e das provisões referentes a despesas futuras com a Samarco e a Fundação Renova.





“Os efeitos positivos foram parcialmente compensados por maiores despesas financeiras, principalmente devido a maior marcação a mercado das debêntures participativas e a reavaliação do valor justo das garantias financeiras emitidas pela Vale a coligadas”, destaca a companhia em seu release.

Por falar em Ebitda, o indicador somou R$ 33,5 bilhões entre os meses de julho a setembro deste ano, o que representa um aumento de R$ 14,2 bilhões em relação ao 2º trimestre de 2020.

Leia também:   Monitor do PIB da FGV aponta alta de 1,8% em maio

Embora o Ebitda tenha melhorado em todos os negócios da Vale, o melhor resultado se deve principalmente pelo aumento de 26% dos preços realizados de minério de ferro e pelo aumento de 20% no volume de vendas de minério de ferro no 3T20.

Em dólares, a mineradora reportou um lucro de US$ 2,9 bilhões no período analisado, cifra 76% maior quando comparada ao mesmo período de 2019.

Por outro lado, o resultado veio abaixo do consenso da Refinitiv, que projetava um lucro de US$ 3,76 bilhões.

Enquanto isso, a receita líquida da empresa somou R$ 57,9 bilhões, um crescimento de 42,4% no comparativo anual, quando registrou R$ 40,6 bilhões, e alta de 43,2% frente ao trimestre imediatamente anterior.





Leia também:   Contas do Programa Dotz crescem 6% e chegam a 49,6 milhões no 2º tri
Bolsa de Valores

Apesar de o mercado de ações ainda sentir o efeito negativo da pandemia de Covid-19, os papéis ordinários da Vale (VALE3) acumulam alta de mais de 35% no ano.

No pregão de hoje, às 16h45, as ações registravam alta de 2,84% – fazendo com que o Ibovespa permanecesse no campo positivo após queda de 4,25% na véspera.

 

→ Para saber mais detalhes sobre a companhia, acesse o TradeMap Web e veja a Lâmina de Empresa da VALE3.

Foto: Washington Alves/Reuters

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp