Usiminas reverte prejuízo e lucra R$ 4,5 bilhões no 2º trimestre

Em comparação aos três primeiros meses de 2021, houve um avanço de 277% no indicador. Na época, a siderúrgica tinha lucrado R$ 1,205 bilhão

Equipe TradeMap
Equipe TradeMap
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

A Usiminas conseguiu reverter o prejuízo líquido de R$ 395 milhões registrados durante o segundo trimestre de 2020 para um lucro líquido recorde de R$ 4,543 bilhões no mesmo período deste ano. O resultado foi divulgado na manhã desta sexta-feira, 30.

Em comparação aos três primeiros meses de 2021, houve um avanço de 277% no indicador. Na época, a siderúrgica tinha lucrado R$ 1,205 bilhão.





Já no acumulado do 1º semestre, a empresa reportou um lucro líquido de R$ 5,748 bilhões frente a um prejuízo líquido de R$ 819 milhões nos primeiros seis meses de 2020.

No documento entregue à CVM, a Usiminas atribui o desempenho positivo ao maior resultado operacional, bem como o reconhecimento de créditos fiscais e ganhos cambiais no período.

Leia também:   Hospital Care contrata bancos para retomar IPO

Enquanto isso, a receita líquida atingiu a marca de R$ 9,6 bilhões, o que representa uma elevação de 35,8% em relação ao trimestre imediatamente anterior e de 296% frente ao mesmo intervalo de 2020. A unidade de siderurgia apresentou o maior destaque positivo para o indicador, com alta de R$ 2 bilhões, segundo a empresa.

Entre os meses de abril a junho, o resultado operacional medido pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização, em português) ajustado foi de R$ 5,065 bilhões, cifra 109% maior em comparação ao 1º trimestre de 2021 e de 2.543% ante o segundo trimestre de 2020, quando havia reportado R$ 191,6 milhões.

Por sua vez, a margem Ebitda ajustada ficou em 52,8%, ou seja, crescimento de 18,5 e 44,9 pontos percentuais na base trimestral e anual, respectivamente.





Leia também:   Vamos Locação prepara oferta restrita e quer levantar mais de R$ 500 mi

Quanto às vendas, a Usiminas destaca que o aço do mercado interno atingiu o patamar de 1,25 milhão de toneladas durante o segundo trimestre, sendo o maior volume registrado deste o 1º trimestre de 2014.

Já as vendas do minério de ferro somaram 2,1 milhões de toneladas no período em análise.

→ Acesse a Lâmina de Empresas do TradeMap para conferir mais dados relacionados à companhia

Foto: Usiminas/Divulgação

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Baixe o App Footer Post
Baixe o App Footer Post 0003 Carteira

Carteira consolidada

Baixe o App Footer Post 0002 historico de Dividendos

Histórico de dividendos

Baixe o App Footer Post 0001 Acompanhamento

Acompanhamento em tempo real

Baixe o App Footer Post 0000 IBOV

Comparação com IBOV, CDI, Dólar e mais