Trump pede ao Congresso mais estímulo à economia americana após barrar negociações

Presidente Donald Trump, foto de Denis Balibouse/Reuters

 

Após suspender de forma abrupta as negociações com os democratas para aprovar um novo pacote de estímulos à economia dos Estados Unidos antes das eleições de novembro, Donald Trump recuou e pediu ao Congresso a aprovação de mais uma rodada de pagamentos diretos aos norte-americanos.

“Se eu receber um projeto independente de cheques de estímulos (US$ 1,2 mil), eles irão para novo povo imediatamente. Estou pronto para sancioná-lo agora”, escreveu o presidente dos EUA no Twitter.

Contudo, a mensagem contraria as orientações dadas por ele mesmo horas antes. À tarde, Trump informou na mesma rede social que havia pedido aos seus representantes para suspender as negociações sobre um pacote de estímulos com os democratas e acusou Nancy Pelosi, presidente da Câmara dos Deputados, de não agir com boa fé.

Vale lembrar que Pelosi deseja pela aprovação de um projeto único, na quantia de US$ 2,4 trilhões, rejeitado por Trump.

Foto: Denis Balibouse/Reuters

 

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no whatsapp