Rede D’or São Luiz protocola pedido de IPO à CVM

Rede Dor Divulgação

 

A Rede D’or São Luiz anunciou na última sexta-feira que solicitou à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) um pedido de oferta pública primária e secundária de ações (IPO, na sigla em inglês). A companhia pretende listar seus ativos no segmento do Novo Mercado da B3.

Segundo o jornal Valor Econômico, a Rede D’or São Luiz quer movimentar até R$ 10 bilhões na tranche primária, chegando ao mercado valendo R$ 100 bilhões.

No documento enviado ao mercado, a empresa também fez um pedido para converter seu registro de emissora de valores mobiliários de categoria B para categoria A – condição prévia para abrir capital.

Vale lembrar que o IPO da Rede D’or é um dos mais aguardados neste ano pelo mercado, uma vez que a companhia se consolidou como o maior grupo hospitalar do Brasil.

A empresa, que tem como acionistas a família fundadora Moll, a gestora de private equity Carlyle e o fundo soberano de Cingapura GIC, não revelou quando planeja fazer sua estreia na bolsa de valores.

Foto: Divulgação

 

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no whatsapp