Presidente do Fed diz que autarquia não pensa em subir taxas de juros

U.S. Federal Reserve Chairman Jerome Powell arrives to speak to reporters after the Federal Reserve cut interest rates in an emergency move designed to shield the world's largest economy from the impact of the coronavirus, in Washington, U.S., March 3, 2020. REUTERS/Kevin Lamarque

O presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Jerome Powell, disse nesta quarta-feira, 17, que a economia dos Estados Unidos enfrenta o maior choque econômico em muitas décadas e que, por isso, a autarquia monetária não pensa em subir as taxas de juros.

“A recessão é profunda, embora poderá não ser longa”, disse Powell no Comitê de Serviços Financeiros da Câmara dos Representantes. “Vamos apoiar a economia com instrumentos que possuímos. Queremos voltar a ter a taxa de desemprego de 3,5%”, destacou.

Segundo informações da Agência Estado, o presidente do BC dos EUA reafirmou que a autarquia adotará os mecanismos necessários para atingir esse objetivo.

“Estamos em recuperação. O consumo e emprego estão melhorando e vamos continuar a ver este movimento”, concluiu.

Foto: Kevin Lamarque/Reuters

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no whatsapp