Presidente do Banco do Brasil renuncia ao cargo e Ministério já indica seu sucessor

André Brandão renunciou hoje ao cargo de Presidente do BB e Ministério indicou Fausto de Andrade como seu sucessor

Equipe TradeMap

Equipe TradeMap

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

O presidente do Banco do Brasil (BB), André Brandão, renunciou ao cargo nesta quinta-feira, 18, após seis meses comandando a instituição. Sua saída ocorrerá dia 01 de abril.  

De acordo com documento publicado na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a renúncia do executivo foi entregue ao presidente Jair Bolsonaro, ao presidente do conselho do BB, Hélio Lima Magalhães e ao ministro da Economia, Paulo Guedes.  





O Ministério da Economia indicou ainda hoje o atual diretor da BB Administradora de Consórcios, Fausto de Andrade, para a presidência do banco. 

Caso a nomeação seja aprovada pelo Comitê de Pessoas do banco, Andrade irá suceder André Brandão. 

Brandão, que assumiu a presidência 22 de setembro de 2020 em substituição a Rubem Novaes, também havia sido indicado pelo Ministério da Economia e possuía apoio de Guedes. 

Leia também:   Havan solicita registro inicial de companhia aberta, retornando aos planos de IPO

Em janeiro, Bolsonaro teria tentado demitir André após o anúncio do BB, que englobava o fechamento de 361 agências e aproximadamente 5 mil demissões voluntárias. 

Fausto Ribeiro é funcionário do Banco do Brasil há 21 anos.  





Desde setembro de 2020, Ribeiro passou a ocupar o posto de diretor da BB Administradora de Consórcios, extensão do banco para o segmento. 

Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp