PIB registra forte queda de 9,7% no 2º trimestre, informa IBGE

Bandeira do Brasil, foto de Unsplash

O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro teve uma forte retração no segundo trimestre deste ano, para 9,7% no comparativo com os três primeiros meses de 2020. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (1) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em relação ao mesmo período de 2019, a economia do país apresentou queda de 11,4%, mostrando o impacto mais agudo da pandemia de Covid-19 sobre as atividades comerciais.

De acordo com o IBGE, ambas as taxas foram as quedas mais intensas da série histórica, iniciada em 1996.

Já no acumulado dos quatro trimestres terminados em julho, houve um recuo de 2,2% sobre os quatro meses imediatamente anteriores.

Em valores correntes, o PIB do segundo trimestre somou R$ 1,653 trilhão, sendo R$ 1,478 trilhão em Valor Adicionado (VA) a preços básicos e R$ 175,4 bilhões em Impostos sobre Produtos Líquidos de Subsídios.

O resultado veio acima do projetado por analistas da Bloomberg, que esperavam que o PIB brasileiro tivesse registrado uma queda de 9,2% no período. Na comparação anual, a expectativa era de baixa de 10,7%.

Além do mais, o IBGE revisou os dados do PIB do primeiro trimestre deste ano de queda de 1,5% para 2,5%.

Para ler o documento na íntegra, clique aqui.

Foto: Unsplash

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no whatsapp