Pfizer lucra US$ 4,88 bilhões no 1º tri; alta de 45% em um ano

O destaque ficou para as vendas da vacina contra Covid-19, que teve receita de US$ 4,89 bilhões.

Equipe TradeMap
Equipe TradeMap
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

A farmacêutica multinacional Pfizer(US:PFE) registrou lucro líquido de US$ 4,88 bilhões no primeiro semestre de 2021, de acordo com balanço divulgado nesta segunda-feira, 03. Trata-se de um aumento de 45,24% em relação aos US$ 3,36 bilhões do mesmo período do ano anterior.

Já a receita no período subiu 45%, para US$ 14,58 bilhões, na comparação anual. O destaque ficou com as vacinas contra Covid-19, que triplicaram em valores de venda. De US$ 1,61 bilhão no trimestre anterior, para US$ 4,89 bilhões nos três primeiros meses de 2021. 





Mas não só de coronavírus se sustenta a empresa. Outros segmentos também apresentaram boas receitas. A área de oncologia, por exemplo, aumentou suas vendas em 18%, para US$ 2,86 bilhões. 

Outros números de vendas da Pfizer são: segmento de hospitais, +12%; doenças raras, +29%; imunologia, +9%; e medicina interna, +11%.

Logo após a divulgação do balanço, as ações da empresa subiram 1,41% no pré-mercado de Nova York, sendo negociadas a US$ 40,39 – valor mais alto deste ano, próximo do pico de US$ 41 observado em dezembro de 2020.

Leia também:   Localiza irá emitir R$ 1,5 bilhão em debêntures

Com isso, o papel da Pfizer já subiu 8,2% no acumulado de 2021, enquanto o principal índice americano, o S&P 500, avançou 11,6% até agora.

Projeções para 2021 

Com dados tão animadores, a multinacional revisou suas projeções financeiras para o ano de 2021. A expectativa para a receita líquida do ano inteiro está entre US$ 70,5 bilhões e US$ 72,5 bilhões. A nova meta é cerca de 20% maior do que a anterior, que previa um faturamento entre US$ 59,4 bilhões e US$ 61,4 bilhões.





Já o lucro líquido ajustado prevê valores entre US$ 3,55 e US$ 3,65 por ação. A projeção anterior ia de US$ 3,10 até US$ 3,20 por ação.

Todos os valores têm como base o bom desempenho da Pfizer nas vendas das vacinas contra Covid-19. Sendo assim, a projeção considera que 1,6 bilhão de doses devem ser entregues até o final de 2021. 

A expectativa de receita com essas vendas aumentou em 75%: de US$ 15 bilhões para US$ 26 bilhões em 2021. 

Veja também o resultado do 1º tri da AstraZeneca.  

Foto: Pfizer/ Divulgação 

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Baixe o App Footer Post
Baixe o App Footer Post 0003 Carteira

Carteira consolidada

Baixe o App Footer Post 0002 historico de Dividendos

Histórico de dividendos

Baixe o App Footer Post 0001 Acompanhamento

Acompanhamento em tempo real

Baixe o App Footer Post 0000 IBOV

Comparação com IBOV, CDI, Dólar e mais