Klabin apresenta prejuízo de R$ 191 milhões no terceiro trimestre

O resultado foi influenciado pela desvalorização do real frente ao dólar, que teve efeito negativo na dívida expressa em moeda estrangeira

Klabin, foto de Isac Nóbrega - PR

A Klabin teve um prejuízo líquido de R$ 191 milhões no terceiro trimestre deste ano, revertendo assim o lucro de R$ 207 milhões registrado no mesmo período de 2019. Por outro lado, a companhia diminuiu a perda em relação ao trimestre imediatamente anterior.

De acordo com a empresa, o resultado foi influenciado pela desvalorização do real frente ao dólar, que teve efeito negativo na dívida expressa em moeda estrangeira.

Contudo, a fabricante de papel e celulose encerrou o 3º trimestre com crescimento de 25% na receita líquida devido ao aumento no volume de vendas totais e a desvalorização do real, passando de R$ 2,4 bilhões para R$ 3,1 bilhões na base anual.

Enquanto isso, o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado recuou 12% em relação aos meses de julho a setembro de 2019, para R$ 1,23 bilhão.

Excluídos os efeitos não recorrentes, a companhia afirmou que o Ebitda ajustado avançou 59% na comparação anual.

Para saber mais detalhes sobre a companhia, acesse o TradeMap Web e veja a Lâmina de Empresa da KLBN11.

Foto: Isac Nóbrega/PR

 

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no whatsapp