Eneva propõe fusão com AES Tietê para “gigante do setor de geração”

Getty Images

A Eneva (ENEV3) informou ao mercado que enviou uma proposta vinculante para combinação de negócios com a AES Tietê (TIET11). De acordo com a elétrica, a fusão das empresas resultaria em uma “gigante do setor de geração”.

“A proposta apresentada ao conselho de administração da AES Tietê visa a agregar os negócios das duas companhias, resultando na unificação das bases acionárias em uma companhia aberta listada no Novo Mercado da B3, com sólido portfólio de ativos, recursos complementares e potencial de se beneficiar de significativas sinergias operacionais e financeiras”

informou a Eneva em nota.

Segundo a Eneva, a operação compreende uma relação de troca de 0,0461 ações ordinárias de emissão da Eneva para cada ação ordinária ou preferencial de emissão da AES Tietê ou de 0,2305 por unit, mais uma parcela em dinheiro total de R$ 2.750.641.308,80, equivalente a R$ 1,38 por cada ação ordinária ou preferencial ou R$ 6,89 por unit.

Entretanto, a operação está sujeita à aprovação:

  • pelos acionistas da Eneva e da AES Tietê
  • prévia do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade)
  • prévia da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel)
Bolsa de Valores

Às 12h10, as ações da Eneva e da AES Tietê subiam 4,70% e 20,97%, respectivamente, no pregão desta segunda-feira, 2, na bolsa brasileira. Acompanhe a cotação em tempo real com o TradeMap.

Eneva e AES Tietê, às 12h10, no TradeMap
Eneva e AES Tietê, às 12h10, no TradeMap

Foto: Getty Images

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no whatsapp

Assine a nossa Newsletter!