Cogna reverte lucro e encerra segundo trimestre com prejuízo de R$ 140 milhões

Cogna, foto divulgação

A Cogna apresentou um prejuízo ajustado de R$ 140 milhões no segundo trimestre deste ano, ante lucro de R$ 267 milhões durante a mesma época de 2019. O resultado da empresa de educação foi afetado pela queda de receita e aumento da inadimplência diante dos efeitos negativos da pandemia de covid-19.

Por sua vez, a receita líquida da Cogna recuou 21,3% na comparação anual, passando de R$ 1,744 bilhão para R$ 1,372 bilhão. Segundo a companhia educacional, o número foi refletido pela queda de faturamento no ensino superior, maior evasão dos alunos do ensino infantil e dos anos iniciais do ensino fundamental.

Já o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) foi negativo em R$ 139,5 milhões entre abril e junho de 2020. Um ano antes, a companhia havia registrado a marca positiva de R$ 624 milhões.

Em termos recorrente, a Cogna reportou um Ebitda de R$ 120 milhões no segundo trimestre, cifra 80,5% inferior em relação ao mesmo período de 2019.

De acordo com a empresa, como consequência da pandemia, aluno antes resistentes ao ensino digital agora prefere um curso híbrido equivalente. Por conta disso, a Cogna afirma que aproveitará “para fazer a maior e mais impactante mudança no segmento de ensino superior já conduzida pela empresa”.

Veja mais detalhes!

Pelo TradeMap Premium é possível analisar os dados financeiros e de mercado de qualquer companhia listada na bolsa de valores (incluindo ativos americanos).

Clique aqui e conheça nossos planos!

Foto: Divulgação

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no whatsapp