BC da China tornará política monetária mais flexível e direcionada em 2021

Com isso, a instituição se concentrará no apoio às pequenas empresas à medida em que a economia do país se recupera da pandemia

bairro antigo escadaria china

O Banco Central (BC) da China disse nesta quarta-feira, 6, que tornará sua política monetária flexível, direcionada e apropriada em 2021. Com isso, a instituição se concentrará no apoio às pequenas empresas à medida em que a economia do país se recupera da pandemia.

Em um comunicado, a autarquia monetária disse que continuará a contar com ferramentas estruturais e políticas de crédito para apoiar pequenas empresas.

Segundo a Reuters, o Banco do Povo da China lançou uma série de medidas para apoiar a economia do país abalada pelo novo coronavírus, mas analistas afirmam que a instituição mudou sua postura para mais estável ao decorrer que a economia se recupera do baque.

A autarquia informou que aprofundará as reformas da taxa primária de empréstimo, ao mesmo tempo em que promoverá a liberalização das taxas de depósito.

Foto: Unsplash

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no whatsapp

Assine a nossa Newsletter!