Após acidente, Grupo Mateus abre prazo para desistência da reserva de ações

Mercado foto de Ajeng Dinar Ulfiana Reuters

O Grupo Mateus reapresentou na última segunda-feira o prospecto de sua oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), em razão do acidente ocorrido no Mix Atacarejo, em São Luís (MA).

No documento, a companhia abriu prazo para desistência – até 9 de outubro –, aos investidores não institucionais que já apresentaram o pedido de reserva de ações.

Devido à repercussão do acidente (a queda de gôndolas de produtos em cascata que levou à morte de uma funcionária), a empresa optou por incluir a descrição do acidente no prospecto preliminar entregue à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), em “Eventos Recentes”.

“Acidentes em nossas lojas, centros de distribuição ou quaisquer de nossas unidades podem causar um efeito adverso relevante sobre nossos negócios, resultados operacionais e imagem”, destaca o Grupo Mateus.

A companhia ainda ressalta que até o momento as causas do acidente permanecem sob investigação. Os demais termos e condições da oferta seguem inalterados.

Foto: Ajeng Dinar Ulfiana/Reuters

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no whatsapp