Navegue:
Suzano (SUZB3) faz mais uma aquisição para tentar conter alta no custo de produção de celulose

Suzano (SUZB3) faz mais uma aquisição para tentar conter alta no custo de produção de celulose

Suzano tenta conter aumento no custo de produção trazendo para dentro de casa fornecedores de madeira da companhia

celular com imagem de árvore e logotipo da Suzano na tela

Foto: T. Schneider / Shutterstock.com

Por:

Compartilhe:

Por:

A Suzano (SUZB3) vai comprar a Caravelas Florestal, que fornece madeira para a companhia, por R$ 336 milhões. O objetivo da aquisição é garantir custos menores para a produção de celulose.

A aquisição ocorre na sequência de outra operação semelhante anunciada em abril deste ano, quando a Suzano divulgou que compraria  oito ativos florestais de fundos de investimentos por US$ 667 milhões.

A Caravelas fornece madeira desde 2012 para a Fibria, que foi comprada pela Suzano em 2018.

⇨ Quer conferir quais são as recomendações de analistas para as empresas da Bolsa? Inscreva-se no TradeMap!

O custo de produção de celulose pela Suzano está crescendo com rapidez. No primeiro trimestre deste ano, estava 54% maior que em igual período do ano passado.

gráfico mostra aumento nos custos de produção de celulose da Suzano entre o primeiro trimestre de 2021 e igual período de 2022
Fonte: Suzano

O aumento é resultado de preços mais altos para insumos químicos, como a soda cáustica, e do diesel, que foram compensados, segundo a companhia, pela redução no raio médio percorrido para a extração de árvores e pela menor participação de madeira produzida por terceiros.

Leia mais:
Klabin (KLBN11) e Suzano (SUZB3) elevam preços, mas é preciso mais para aumentar rentabilidade

A empresa também divulgou que, no primeiro trimestre, o preço da madeira respondeu por 35% do custo total da celulose – menos que os 41% registrados no primeiro trimestre do ano passado, mas que isso foi mais resultado do aumento nos preços de insumos do que por causa dos preços da madeira, que também cresceram no período.

Compartilhe:

Compartilhe: