Navegue:
PIB dos EUA e balanços de pesos pesado do Ibovespa – veja o que importa hoje

PIB dos EUA e balanços de pesos pesado do Ibovespa – veja o que importa hoje

Investidores ainda acompanham IGP-M de julho e dados de emprego formal em junho

Cotações flutuam acima de tablet

Foto: Shutterstock

Por:

Compartilhe:

Por:

Nesta quinta-feira pós-decisão de juros do Federal Reserve, os investidores acompanham a primeira leitura do PIB (Produto Interno Bruto) dos Estados Unidos no segundo trimestre e os balanços de empresas de peso do Ibovespa, como Santander, Gol, Ambev e Embraer, antes da abertura, e Vale e Petrobras, após o fechamento do mercado.

As atenções estarão voltadas ainda a dados de inflação, com o IGP-M (Índice Geral de Preços – Mercado) de julho, e do mercado de trabalho formal, com o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) de junho.

Nos EUA, a primeira prévia do comportamento da atividade econômica americana no período entre abril e junho será informada às 9h30. No início do ano, entre janeiro e março, o PIB americano recuou 1,6%, e economistas acreditam na chance de uma nova queda no segundo trimestre, cenário que pode reforçar a chance de uma recessão.

Ontem, o Federal Reserve, banco central do país, decidiu por uma nova alta de 0,75 ponto percentual nos juros básicos americanos, ao intervalo entre 2,25% a 2,50% ao ano, e voltou a reforçar que está focado no combate à inflação. Ao mesmo tempo, o presidente do Fed, Jerome Powell, deixou no ar a chance de reduzir o ritmo de aumentos nos próximos encontros, o que impulsionou as bolsas americanas.

Na manhã de hoje, por volta das 7h45, os índices futuros americanos recuam: o Dow Jones cai 0,15%, o S&P 500 perde 0,29% e o Nasdaq recua 0,68%. No mesmo horário, o Eurostoxx 50, principal índice europeu, estava operando estável.

Leia mais: 
Após fala de Powell, mercado vê copo meio cheio, espera alta menor de juros nos EUA e bolsas sobem

Por que isso importa?

Os dados de atividade nos EUA ajudarão a confirmar se a maior economia do mundo está, de fato, desacelerando com as pressões inflacionárias e juros em alta. Os números podem ajudar a calibrar as expectativas para a taxa básica americana e para o comportamento da atividade econômica global. 

Inflação, Caged e balanços

Logo mais, às 8h, a FGV/ Ibre informa o IGP-M de julho, mostrando o comportamento dos preços no atacado. A expectativa de analistas é que o índice, usado para reajuste de aluguel e outros serviços, tenha apresentado uma alta de 0,30%, segundo analistas ouvidos pelo Broadcast.

Já durante a tarde as atenções estarão voltadas para o Caged, com as informações sobre o comportamento do emprego formal brasileiro no mês passado. O dado será importante para confirmar (ou não) um mercado de trabalho mais forte no segundo trimestre do ano.

Os investidores ainda estão de olho em uma bateria de balanços de pesos pesados do Ibovespa: agora pela manhã, serão informados os resultados do segundo trimestre de Santander, Gol, Ambev e Embraer. Após o fechamento do mercado, saem os balanços de Vale e Petrobras.

⇨ Acompanhe seus ganhos e gastos e cuide melhor do seu dinheiro. Baixe o GranaMap!

Compartilhe:

Compartilhe: