Navegue:
Petrobras (PETR4): Rodolfo Landim desiste de indicação ao conselho para se dedicar ao Flamengo

Petrobras (PETR4): Rodolfo Landim desiste de indicação ao conselho para se dedicar ao Flamengo

Engenheiro civil de formação, Rodolfo Landim ocupou várias funções na Petrobras por 26 anos, antes de assumir o clube carioca

Petrobras

Foto: Agência Brasil

Por:

Compartilhe:

Por:

O atual presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, divulgou uma nota no domingo (3) aos sócios do clube afirmando que abriu mão de sua indicação para o conselho da Petrobras (PETR4). O nome do executivo havia sido uma indicação do ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque.

Engenheiro civil de formação, Landim ocupou várias funções na Petrobras por 26 anos antes de assumir o clube carioca. A decisão foi tomada após o Flamengo perder a decisão do campeonato carioca para o Fluminense. Na nota, afirmou que renunciou da indicação para concentrar seu tempo e dedicação ao clube do Rio de Janeiro.

“Apesar da importância da Petrobras para o nosso país, e da enorme honra para mim em exercer este cargo, gostaria de informá-lo que resolvi abrir mão desta indicação para o ainda maior fortalecimento do Flamengo”, afirmou Landim no documento.

O presidente do clube rubro-negro também afirmou que já comunicou ao ministro Bento Albuquerque sua decisão, e alegou que não conseguiria dar a devida dedicação que a Petrobras e o time merecem caso assumisse as duas funções simultaneamente.

Landim foi eleito presidente do Flamengo em 2019, e em 2021 foi reeleito para um mandato que se encerra em 2024.

Currículo de Landim

O executivo ingressou na Petrobras em 1980, onde trabalhou por 26 anos e ocupou diversas funções gerenciais na área de Exploração e Produção, incluindo a atuação como superintendente de Produção da Região de Produção do Nordeste, superintendente do Distrito de Produção da Área Norte, gerente-geral de Exploração e Produção da Bacia de Campos e gerente-executivo de Exploração e Produção das Regiões Sul e Sudeste.

Entre 2000 e 2003, Landim foi presidente da Gaspetro, responsável pelas participações societárias da Petrobras nas companhias de transporte e distribuição de gás natural, além de atuar como diretor-gerente e gerente-executivo de Gás Natural, compondo o Comitê de Negócios da Petrobras.

Foi também presidente da Petrobras Distribuidora S.A. –BR entre 2003 e 2006. Após deixar a Petrobras, ocupou o cargo de diretor-geral da MMX Mineração e Metálicos S.A, foi fundador e posteriormente presidente-executivo da OGX Petróleo e Gás Participações S.A. e também da OSX Brasil S.A.

Entre 2010 e 2020, desempenhou a função de presidente do conselho de administração e presidente-executivo da Ouro Preto Óleo e Gás S.A. Neste cargo, coordenou as negociações que resultaram na venda da Ouro Preto para um investidor privado com atuação na indústria de óleo e gás, em fevereiro de 2020. Landim possui ainda experiências como membro de conselho de empresas e entidades, incluindo o Instituto Brasileiro de Petróleo– IBP

Compartilhe:

Compartilhe: